domingo, 30 de dezembro de 2012

12 Coisas.

As 12 mais incríveis que me ocorreram neste ano.

1-Ter ido na Let's Rock no Ibirapuera.
2-Ter ido Gallifrey Con #1.
3-Ter ido na Bienal do Livro.
4-Ter reencontrado minha amiga Sophia,depois de 6 anos sem vê-la!
5-10 anos de amizade com a minha amiga Michelly!
6-Ter ganhado um concurso de contos do Sesc - Osasco.
7-Ter conhecido Cream,Pink Floyd,Joy Division,Doctor Who,Sherlock Holmes,e muitas outras coisas e pessoas também..
8-Ter lido mais livros do que ano passado.
9-Ter descoberto coisas incríveis sobre a minha vida.
10-Ter ido ao teatro com a escola.
11-Ter ganho meus 2 primeiros LP's,um do Paul e o outro do John.
12-O Blog fez dois anos.


E algumas fotos dessas 12 coisas que marcaram o ano.


O casal mais lindo do mundo,Keith Moon e eu,na Let's Rock. sqn



Eu,entrando na Tardis na Gallifrey Con #1.


Sentei-me no Trono de Ferro na Bienal do Livro!


Livro do Hitchcock que ganhei no concurso de contos do Sesc - Osasco!


Meu LP do John Lennon!


Ida ao teatro para assistir o Cortiço.Na foto,minha amiga Joy do My Little World e eu.


Ter tomado Starbucks pela primeira vez.


E ter ido assistir 007 - Operação Skyfall,que na minha opinião foi o melhor filme desse ano.

E esse foi meu 2012,espero que tenham gostado.Tchau.









Ele pediu meu diagnóstico,eu o mostrei e acabou assustado.Gostava de "pagar de médico profissional",mas nem faculdade tinha.Gostava de dizer que queria cuidar de todas as minhas doenças,minhas loucuras,minha vida em si,era tudo que você desejava no momento.
Depois de tanto pagar de médico profissional e não querer fazer mais nada da vida,além de cuidar da minha vida com extremo amor,cansou-se e foi dormir.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Em Constante Mundança



Eu sou um desses seres humanos que muda constantemente de opinião,gosto,filosofia de vida,de estilo de tudo em si,eu sempre mudo tudo,principalmente o blog,se você acompanha sempre o Almanaque,poderá notar que eu mudo o templant dele constantemente,e nesses tempos eu comecei com aquela busca por um templant "legal",que eu possa olhar e não ficar com vontade de mudar de novo.
Acho que esse espírito de mudança que há em mim,é em partes pelo meu signo,Gêmeos,o signo mais mutável e volátil  de todo o zodíaco,ou seja,eu sou mutável desde meu signo!E minha personalidade é também muito mutável.
Quando mutável,eu não quero dizer 'hoje eu estou feliz,amanhã triste'.Me refiro como mutável como aquelas "mudanças de vida",por exemplo,eu tenho uma estranha mania de mudar 'o que eu sou',ainda não entendeu?Então vamos a uma rápida explicação:eu já fui pin up,psicodélica e mod,já fui os três ao mesmo tempo,ou um por vez,mas hoje,eu consegui bizarramente unir os três e viver sendo uma pin-up/psicodélica/mod m,uito feliz.Não conseguiu entender?Vamos a um outro exemplo simples: antes eu não gostava de Pink Floyd,The Police,Jimi Hendrix,Mutantes,Caetano e outras pessoas,mas hoje eu os adoro muito suas músicas!Elas me inspiram bastante a minha vida!Acho que agora você conseguiu entender.
Talvez não,eu tenho total certeza que eu sou uma metamorfose ambulante,que muda todos os dias,pois eu realmente não consigo conviver com aquela velha opinião formada sobre tudo.Pois sou a adepta a aquela filosofia de vida de inovar e buscar mais conhecimento.
"Sapere Aude" (ouse saber),disse Kant e use seu conhecimento!Mude!Nem que seja de roupa,mas mude,irá melhorar bastante sua vida,essa é a minha dica,e acho que alguém vai segui-la.(ou não).

Feliz Natal

Lhes desejo um ótimo Natal,repleto de paz,amor,prosperidade e harmonia.
E fiquemos com Baby It's Could Outside do She & Him.Porque eu enjoei de escutar  X-Mas do John.




Até mais.

domingo, 23 de dezembro de 2012

Ossos


-Seus ossos são fortes – disse ele enquanto tomava um gole de café –você consegue aguentar bem a vida.
-Ossos? –perguntou ela sem entender aquilo que ele falava.
-Sim,ossos – respondeu ele –as coisas que você tem dentro de você,que dão sustentação para o seu corpo,eles não são de vidro ou são?
-Não –respondeu ela,ainda confusa –creio eu,que eles sejam feitos de cálcio e outras coisas.
-Como eu previa – respondeu ele calmamente,enquanto segurava sua xícara de café pronto para beber mais um pouco de café.
-Mas por que estamos falando de ossos? –perguntou ela.
-Simples –respondeu ele tomando um gole de café –porque você esta com medo de algo.
-Medo?!Medo de que? –perguntou ela incrédula com tal resposta.
-De si mesma.
-Eu não consigo entender,como alguém pode ter medo de si próprio?
-Não faço a mínima ideia,mas o fato é que tem algo acontecendo em sua vida que você precisa urgente resolver.
-Mas não há nada que esteja me preocupando neste momento.
-Entendo,Leila –responde ele revirando os olhos –é aquele espelho não é?
-É só um espelho comum,Arthur –respondeu Leila.
-Que não da para ver reflexo algum!Aquilo realmente me assusta.
-É só um espelho,que mal ele pode ter?
-Todos.Porque só você vê seu reflexo.

***

Ela voltou para o seu apartamento,com aquele pensamento que havia acontecendo naquele lugar,temendo que aquilo pudesse ser algo ruim,mas para se alegrar pensou que seria um rato ou algo desse tipo e assim ela determinada a de descobrir o que estava acontecendo.





sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

A Verdade É Que Eu Cansei

Uma vez ouvi por aí que os piores coisas da vida sobre as pessoas acontecem sempre que sua vida esta indo muito bem,sem nenhum problema,tudo indo tão bem que até aparece filme da sessão da tarde ou comercial de margarina,é tudo tão bom que até da pra acreditar que tudo isso é verdade...
Mas ai vem aquela coisa muito incrível chamada realidade,que te joga na cara tudo aquilo que você fez de errado e lavem aqueles discursos que dizem que você esta errada,que você não fez nada,que você é desprezível e de tudo que você faz é uma merda na vida deles.Isso deixa qualquer muito feliz,principalmente quando você esta  acabando de acordar ou antes de ir dormir,pra chorar um pouco até que eu durma cheia de tristeza e no outro dia conte os meus amigos que dizem "isso vai melhorar,pode ter certeza" ou "Alegria Mariana!",a verdade é que toda vez que melhora.tudo tende a piorar de tal forma,que eu não sei se uma hora eu terei um pouco de paz,só pra me acalmar quem sabem.
Ai você diz não pode piorar,claro que pode meu bem,pode começar a chover e seus pais divorciados ficarem trocando indiretas pelo seu facebook e depois eles ficam te culpando por que a vida amorosa dos dois esta uma merda!Sério eu queria que eles dessem uma lida em tudo isso que escrevo,para eles vêm que eu não tenho culpa de nada e que eles devem assumir a maldita da culpa!Eu realmente estou cansada disso tudo!Eles poderiam também notar que eu tenho alguns problemas e que tudo não é só da minha cabeça,algumas coisas são realmente verdade e que eu realmente preciso de um psicólogo,ou acabarei louca de todos esses problemas!E vocês meus queridos pais,acordem!E percebam tudo o que a filha de vocês passa!
Porque não aguento mais isso!Pra mim já chega e como o próprio nome do post já diz,eu realmente cansei disso!
E como diria uma amiga que sempre me ajuda com esses meus problemas e isso acabou virando meu lema de vida:
Let It Be.

E assim espero os dias voltarem ao normal.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Estou aqui ainda?


Tiro meus óculos, os coço levemente meus olhos, sinto eles pesados e cansados de tanto ficar lendo, recoloco meus óculos, fecho o livro que estou lendo, me levanto e vou em direção a janela.
A noite está fantástica.Abro a janela calmamente e contemplo as poucas estrelas que apareceram no céu,já que a poluição as impedem de aparecer,eu as olho por um instante e imagino que estão lá ao meio de todas elas ao me redor e começo a me perguntar,”Estou mesmo aqui?Será que tudo é verdade ou mentira?Isso tudo provem da minha cabeça ou é real?”
Quando eu volto a Terra,sinto meus pés pesados e doloridos,mesmo que nem mesmo tenho saído de minha casa.Fecho a janela,desço as escadas e vou em direção a cozinha,pego o bule e ponho um pouco de água e começo a preparar uma xicára de chá para mim.
Depois de pronto o chá,pego a xicará e volto para o meu quarto,sento em minha cama,tomo meu chá e olho para o livro que estava lendo, e fico pensando se volto a ler ou se vou dormir um pouco.O sono acaba vencendo,tomo o resto do meu chá e deixo a xicará perto do livro que estava lendo,como um lembrete de que deveria ainda continuar lendo depois de meu pequeno cochilo.
Deito-me em minha cama,sinto minha cabeça afundando pesadamente no travesseiro e adormeço rápido.E acabo não voltando a superfície tão rápido assim.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Playlist

Ultimamente ando meia sem idéias para posts aqui no blog,aí resolvi fazer uma playlist (uma coisa que eu não faço a décadas aqui no blog) das 5 músicas que mais escutei nessa semana no meu Last Fm.
Então vamos a playlist:

1.Os Mutantes - A minha menina
2.The Kinks - The Village Green Preservation Society
3.The Who - Bell Boy
4.The Beatles - Sun King
5.Frank Sinatra - Come Fly With Me

E fiquemos com Come Fly With Me do Frank Sinatra. 


Até mais.

Algumas coisas belas da vida



Eu gosto de ouvir o som dos pássaros ao acordar,é realmente uma coisa tão adorável e até fecho meus olhos para tentar voltar a dormir e sonhar um pouco,ou simplesmente ficar deitada na cama.Porque o cantar dos pássaros é uma das coisas mais belas da vida,além do miar dos gatos e som do vento e do mar.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Perfume


Peguei aquele perfume que você havia me dado no natal passado,que eu usava raramente só pra ver você sorrir e borrifei nas únicas coisas que não saiam de perto de mim,meus livros e sua blusa que não saiam do meu armário.
Você de começou acho que era patético,pois o cheiro lhe dava dores de cabeça,mas depois se acostumou,pois achava isso uma graça e,um jeito tolo de dizer que eu o amava tanto que vivia usando aquele perfume.Com o passar do tempo,você também havia entrado na brincadeira,e começou a borrifar seu perfume em tudo que era meu,com a desculpa para dizer que também me amava.
Um dia,tive que ir ao médico,consulta de rotina e como de costume levei um livro para me distrair um pouco,para não morrer de tédio absoluto naquelas salas de espera.Quando abri o libro senti se seu perfume,tive vontade de ligar para você,mas tive preguiça de pega-lo.Peguei meu marcador de página,senti seu cheiro nele,e quando olhei para o verso dele,estava escrito:"O amor reina sobre nós dois,meu amor",acabei sorrindo com tamanha declaração de amor.
E depois de tanto amor conversado no telefone,seu perfume conseguiu deixar a mulher ao meu lado com náuseas e dores de cabeça.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Strawberry Fields

À sua frente havia grandes campos de morangos prontos para serem colhidos e serem vendidos na estrada mais próxima daquele lugar,mas aquele estava totalmente vazio,nem pássaros se via lá,que acabavam até assustando qualquer um,mas ela simplesmente ignorava.
Desceu a colina onde estava e começou a caminhar calmamente pelo aquele imenso campo,observando e fotografando cada pequeno detalhe com sua mente para nunca esquecer daquele lugar vazio e cheio de morangos.Para se entreter um pouco,colheu um morango e começou a comê-lo e de tantos morangos que via,lembrou-se de "Strawberry Fields Forever" dos Beatles e começou a cantarolar colhendo alguns morangos e comendo outros.
Depois de tanto caminhar,acabou ficando um pouco cansada e encontrou se amado sentado no mesmo local  onde havia o deixado: num degrau de uma casa abandonada que dava para aqueles campos imensos de morangos,fumando e pensando no tédio que tudo aquilo estava.
-Ah você esta ai,pensei que você estivesse no carro - disse ela ao vê-lo.
-Estava um baita de um tédio - respondeu ele,jogando a guimba de cigarro fora.
-Colhi uns morangos para você - disse ela,mostrando sua mão cheia de morangos.
-Oh obrigada - respondeu ele.
Ficaram ali por um bom tempo conversando sobre os morangos,o porque de estarem ali e observando a neblina se formar por cima de suas cabeças.
-É melhor irmos para casa,já esta ficando tarde - disse ele se levantando - e já tem até neblina.
-Só espere um pouco,vou colher mais alguns morangos para comermos em casa - disse ela colhendo muitos morangos e colocando em sua camisa branca,que fico um pouco avermelhada com alguns morangos amaçados.Ele esperou pacientemente fumando e rindo de toda aquela lambança que ela fizera.
Voltaram para casa onde os dois viviam e viram um pouco de T.V. enquanto devoravam alguns morangos.
-Eu sou tão azedo quanto morango com açúcar - disse ele ele enquanto mergulhava o morango no açúcar.
-Para mim você é mais doce que morango com doce de leite - respondeu ela - e azedo como limão com sal.
-Mas limão com sal é bom!
-Por isso mesmo,seu bobo.
-Isso foi um "eu te amo"?
-Sim.
-Amo você também,mas chega de morangos por hoje.
-Concordo também.
E adormeceram.

sábado, 8 de dezembro de 2012

Love is real


32 anos,faz tempo demais,é quase a idade dos meus pais,uma diferença apenas de 3 anos,mas mesmo assim  faz muito tempo,mesmo que ainda não consigo acreditar que você se foi,não consigo mesmo.
Eu agradeço à Deus todos os dias por você e os outros Beatles terem entrado em minha,deixando a mais alegre e tirando daquela tristeza,que eu estava tendo naquele momento.
E você,minha primeira paixão que eu disputei com a Yoko e com a minha prima,antes de me apaixonar pelo Ringo,mas sempre tive você como meu eterno primeiro amor,que também era míope como eu,que me fez pensar que usar óculos não é uma coisa tão terrível assim.
Foi assim que comecei a te amar e te amarei até o meu último suspiro de vida,meu querido John.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Insegurança

Sou uma pessoa insegura,isso é horrível porque não tenho consigo ter confiança em mim mesma e sempre acredito que tudo o que faço é uma grande porcaria,mas as vezes eu consigo fazer uma coisa aqui e ali,que resultam numa boa coisa no mundo,que me fazem até ficar espantada com tal situação.
O ruim de toda essa insegurança é que ela resulta numa grande crise de ansiedade -eu já sou ansiosa por natureza - que me da até dores de estomago.
E ai alguém vai dizer,Mariana por que você esta falando de coisas tão tristes como essa?Tenho meus motivos,mas eu não estou triste,só estou pensando em tudo o que faço e deixo de fazer,mas ainda não voltarei a ter minhas crises de solidão intensa,só estou pensando em minha vida,só isso.
E no final,tudo acaba em Joy Division mesmo e Love Will Tear Us Apart,pra minha vida.

Tchau,tchau.

P.S. = Descanse em paz,Oscar Niemeyer,muito obrigado pela sua contribuição para o Brasil!Jamais esqueceremos tudo o que o senhor fez pelo país.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Não culpe as estrelas

Lá vou eu mostrar meu lado de pseudo-astrônoma,saudosista da ufologia e escritora de histórias de ficção científica,não se assustem por favor,eu quase nunca mostro esse meu lado,então vamos lá.
Não culpe a estrelas pelos seus problemas,elas não tem nada a ver com a sua vida -Mariana o que deu em você?Nada só cansei de umas coisas ai-,e nem com a minha,mas mesmo assim eu as observo ,pois pelos menos ela são interessantes,trazem nos conhecimento e nos ajudam a entender o mundo em que vivemos.
Mas para algumas,elas lhe trazem muitos problemas,como o amor mal resolvido,infelicidade e posts super chatos de meninas de 12 anos sobre sua vida amorosa mais agitada do que a minha.
O que eu estou querendo dizer é que chega de culpar as estrelas por tudo!Culpe sei lá...as baratas,a sociedade,o sistema,mas não as estrelas,sem uma delas nós não estaríamos vivendo nesse planeta.

Assinado,Mariana.

P.S= Planejando uma odisseia no espaço,pra fugir desse mundo em que vivemos. 

Reticências ...

E mesmo cercada por pessoas,a solidão insiste em me fazer companhia,um brinde ao nada.

domingo, 2 de dezembro de 2012

Maluca?Só um pouco.


É tão estranho ter a sensação de algo cortando seus pulsos,mesmo que eles estejam normais,mas mesmo assim a sensação é terrível,e aí você conta pra alguém sobre o acontecimento,as pessoas lhe dizem que você esta ficando maluca,desde quando você fala até o modo de respirar.
Depois de um tempo eu própria aceitei tal a condição de que eu estou realmente ficando um pouco maluca,e isso não se deve exclusivamente a escola e outras coisas,é de mim mesmo,a minha lucidez é uma coisa muito contestada por mim mesma.
(Eu realmente sei que isso não faz sentido,mas tudo bem).

A única coisa que sei é que tenho uma guerra na minha mente e ela esta longe de acabar,mas por enquanto eu a dopo um pouco,só pra viver mais um pouco.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

11 anos.


Não da pra acreditar que faz 11 anos que você se foi George,deixando uma enorme tristeza no mundo e no meu coração,que ainda acredita que você ainda esteja aqui.
E assim vivo num sonho em que você e o John ainda estão aqui e que poderia ter uma reunião dos Beatles,e um monte daquelas coisas que todos os fãs imaginam,e que minha mente pensa todos os dias.
E esta é a minha simplória homenagem a você George,aquele Beatle tão quieto que eu me identificava por ser sozinha,e por ter um sorriso muito lindo.




quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Heaven and Hell


Este conto é dedicado à John Entwistle,baixista do The Who.

***

O amor deles era uma dessas coisas inadequadas,proibido pela sociedade em que vivemos.Pareciam Romeo e Julieta,mas de épocas e certezas diferentes.Uma das únicas poucas coisas que diferenciavam eles dois de Romeo e Julieta não era uma velha briga de família ou de vizinhos,e sim,a morte.
Ela se chamava Vida,tinha lá seus vinte anos,tinha mãos quentes,um coração tão pulsante quanto tudo já visto pelo mundo.Ele se chamava Morte,uma velha ossada que perambulava pelo mundo,assustando alguns,ria de outros;seu trabalho era basicamente levar almas para um "outro mundo",que segundo o próprio "era um bom lugar".
Se conheceram no enterro de um tio dela,enquanto ela caminhava pelos túmulos um pouco assustada,e ele se encantou por tudo aquilo que viu.Começaram a se encontrar,para jogar conversa fora,mas não em cemitérios,pois ela havia desenvolvido um certo receio de voltar num lugar daqueles.Se encontravam em algum campo longe da cidade.
E foi assim que o amor dos dois surgiu.
Ele adorava colocar sua mão no peito dela e sentir as batidas do coração dela,algo que ele não sentia a muito tempo e ela,ria quando via o mundo pelos ossos dele.
Um dia quando se encontraram,trocaram o primeiro beijo,numa colina vazia e triste.
-Eu a amo - dizia ele calmamente.
-Eu também - respondeu ela.
-Preciso ir.
-Entendo.
-Até nos vermos novamente,continue com o coração batendo - disse ele caminhando.
-Pode deixar.
-Pensarei em você em todo momento.
-Eu também.
Ela o observou ele caminhando e sumindo colina abaixo e disse:
-O amor vai nos separar.
E os separou para sempre.Fim.



segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Acostumar


Acostumei com o sol batendo no meu rosto todas as manhãs ao acordar,quando meu irmão abre a janela de nosso quarto pra "eu acordar",como ele gosta de ressaltar todas as vezes que faz isso.Sim,eu sei é horrível  essa sensação,mas sei lá eu já me acostumei com isso.
Me acostumei com as raras vezes em que as brisas do vento bateram calmamente sobre os meus olhos,quando eu tiro meus óculos para limpá-los,eu adoro quando isso acontece,pois é rara as veze disso acontecer.
Me acostumei com coisas bobas como olhar para as fotos dos meus amores e desejar que eles estejam ao meu lado,ou a tomar café frio que é delicioso,imaginar o tempo espaço continuo lá fora,de como ele e de como um dia eu poderei ir para lá (Com o Doutor,é claro).
Simplesmente eu fiz isso,me acostumei a coisas tão bobas que fizeram a minha personalidade -e a minha vida também- a serem o que elas são hoje.E sem todas essas coisas,eu realmente nãos sei como seria a minha vida,talvez eu saiba,ela seria uma coisa muito patética,sem essas coisas de ser uma coisa diferente e mais contagiante,mais nostálgica.
É só se acostumar com coisas tão tolas,que sua vida fica assim,feliz demais.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

My Back Pages


Eu era mais jovem,a muito tempo atrás,com um coração pulsante e cheio de alegria,ao lado de uma vida divertida,cheia de piadas à contar e milhares de certezas a serem realizadas sem nenhuma preocupação com o tempo ou o modo que vivo,nada importava.Não importava mesmo se eu iria acordar amanhã e sentir-me a melhor coisa do mundo ou a pior.Mas a única certeza que tinha na minha vida é que eu tinha toda aquela alegria de ser uma pessoa normal.
Não isso é uma daquelas reflexões em que fico falando que eu sou uma pessoa triste e solitária - mesmo que eu seja uma pessoa um pouco triste e solitária.Isso que eu escrevo só é uma tentativa frustada de dizer que de algum modo,que eu estou mais velha e talvez um pouco mais louca - como diria aquela música da Mallu Magalhães- que o normal.Penso que dentro de mim existe alguém que se pareça com essa moça da foto acima,desse jeitinho mesmo,ou talvez o mais antigo o possível, ou do jeito que eu sou,só com um coração menos "comercial de margarina".
E toda essa reflexão começou quando eu escutei My Back Pages do Bob Dylan,cantada lindamente pelo The Byrds,em que ele diz que antes era mais velho e agora esta mais jovem.Bem,no meu caso sinto que é o inverso,eu era mais jovem e agora estou mais velha.Ou será que foi uma mistura dos dois?Nunca entenderei.








domingo, 18 de novembro de 2012

Selo (:




Olá pessoas,como vão vocês?Presumo que estão estejam bem.Bem,ganhei este lindo selo da Patrícia N. do Complicated Imperfect!Obrigado!O selo é uma coisa muito fofa!E de bônus (adoro um bônus) venho umas regrinhas e vamos a elas:
• Escrever 11 coisas sobre você
• Responder as 11 perguntas.
• Fazer 11 perguntas para 11 blogs
• Não vale devolver!


Então vamos começar:
1- Uso óculos já faz um ano.
2-Eu realmente gosto bastante de estudar
3-Sou uma pessoa muito nostálgica, não de minhas lembranças,mas do passado em si.
4-Minha matéria predileta é história.
5-Amo estudar a Segunda Guerra Mundial e a Revolução Francesa.
6-Sou apaixonada pela moda vintage/retro,adoraria viver dela,mas não sei desenhar.
7-Sou apaixonada pela fotografia.
8-Amo de paixão livros!Adoro compra-los,ganha-los e cheira-los.
9-Adoro gatos.
10-Sou muito solitária;
11-Quero viajar para a Europa um dia e visitar Berlim,Londres,Paris e Moscou *-*.

E responder as 11 perguntas:

1-Banda Favorita?:
The Beatles,meus eternos amores,foi com eles que eu conheci a alegria e o amor.<3 p="p">
2-Seriado Favorito?:
Doctor Who!Porque é a melhor série sobre ficção científica de todos os tempos *-*

3-Livro Favorito?:
Antologia Poética de Vinícius de Moraes.Eu li e reli esse livros milhares de vezes,mas a cada vez que eu leio eu me apaixono de novo por cada poema.

4-Música Favorita?:
Penny Lane dos Beatles.

5-Álbum Favorito?:
Sgt.Peppers dos Beatles,mas ultimamente estou muito viciada no The Wall do Pink Floyd,no The Who Sell Out do The Who e no Fresh Cream do Cream.

6-Comida Favorita?:
Batata recheada com Strogonoff de Carne *-*.

7-Blog Favorito?:
Os favoritos são: My Little World,Complicated Imperfect,Invasão Britânica,Adorável Psicose e Sob o céu de Paris.

8-Sobre o que mais gosta de escrever?:
Sobre tudo o que me vem a cabeça,sobre ficção científica,amor,vida,essas coisas.

9-Viagens dos sonhos?
Para a Europa,em especial Berlim,Londres,Paris e Moscou *-*.

10-O que espera para os próximos anos?
Os planos são terminar o colegial,apresentar um bom TCC,e entregar na faculdade de Letras ou Jornalismo.E fazer um intercâmbio.

11-Sabe Cozinha?:
Sei fazer brigadeiro e sei fritar ovo (Não sei cozinha D:,risos).

11 Perguntas a outros blogs:
1-Banda Favorita?
2-Filme Favorito?
3-Livro Favorito?
4-Série Favorito?
5-Um lugar que goste de ir?
6-Uma boa lembrança?
7-Matéria favorita?
8-Sobre o que gosta de escrever?
9-Blog Favorito?
10-Viagens do sonho?
11-Um sonho de consumo?

E deixo a vontade de qualquer fazer esse selo :D

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Entre Seus,os Meus e os Nossos Rins


Porque uma crise por uma banda brasileira é uma coisa meio rara hoje em dia!É um tipo de sonho real meio esquisito que eu passei nesses 2 últimos dias,tentando entender minha vida que estava triste e agora estou muito feliz,deve ser porque comecei a gostar deles e fui ver 007!
Mas mesmo assim prefiro ficar entre os meus rins ou os do Nasi,que sabe.Ou do Daniel Craig. (risos).
Esse foi meu sonho real.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Hapiness Is A Warm Gun


Ele olhou mais uma uma vez para a arma estava descarregada,ele não tinha mais balas de tanto atirar na parede para descarregar a raiva que sua vida estava naquele insuportável de ódio e tédio.
Olhei para ele mais uma vez e não disse nada,notei em seus olhos guardavam um certo ar de rancor e de solenidade,mostrando o que ele realmente sentia sobre tudo aquilo que vivia.E temia que uma daquelas balas   entrasse em meu peito acidentalmente e eu morrer.
Ele respirava mais forte a cada instante,como se não conseguisse mais viver.Aquilo era seu último suspiro de vida,clamando por uma alegria mais intensa,um amor mais vívido,ou pelo nada que o aguardava.
-Cansei de tudo isso - disse ele largando a arma.
-Eu também - respondi.
-Tudo o que me restou foi uma arma velha,meus cigarros e Álbum Branco dos Beatles - suspirou.
-Lennon tinha razão ao dizer que a felicidade é como uma arma quente - murmurei.
-Uma arma quente sem balas. 




domingo, 11 de novembro de 2012

[...]

Uma vida em páginas a serem escritas por um escritor sedado de cafeína,numa máquina de datilografar antiga,pouca tinta,dada a ele num Natal,por um de seus tios,que gostara bastante de seus textos.Acabou usando de papeis amarelados guardados num velho armário para o uso de sua impressora,que jamais ninguém havia se lembrado de se usar.
Ao fundo tocava "Wonderful Tonight",do Eric Clapton,que regia cada letra teclada por este jovem escritor,cheio de esperanças sobre o mundo que criara e a personagem que dava vida.
Chamou sua personagem de Mariana.Ela era quieta,alta,míope e fã de Eric Clapton,um pequeno resquício da música que escutara.Vivia num mundo,esperando dias mais felizes e um simplório encontro com Clapton.(realmente nosso escritor foi embalado pela música!).
Ele dormiu e sonhou,acordou e escreveu:
"Mariana foi pro mar".


sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Alice em sua mente,com seus discos



-Alice,onde você esteve todo esse tempo?
-Em meu quarto,por que?
-Você não deu sinal de vida!Ficamos muito preocupados.
-Estou bem.Só gosto de ficar sozinha,vocês sabem muito bem disso.
Alice larga mais uma vez seus pais conversando sobre sua solidão e sua vida,de como ela continuava mais solitária,sem amigos,sem alegria.Subiu as escadas e foi em direção a seu quarto.Passou rapidamente pelo quarto de sua irmã,Maggie e viu que esta,estava em seu mundo cor-de-rosa de adolescente normal,Alice achava isso patético.
-Lá vai mais uma vez,a aberração!Por que você não tenta ser normal,pelo menos uma vez?!Papai e mamãe ficariam muito felizes - gritou ela.Alice respirou fundo e entrou em seu quarto,fechou-se para o mundo.
Pegou um de seus discos do Bob Dylan e foi escuta-lo,para se acalmar,depois de outro dia de cão.
-Talvez você fosse o único que me entendesse,Bob - disse ela ao ouvir os primeiros versos de Like a Rolling Stone.
Ela estava perdida em sua mente,mas com seus discos,seus únicos amigos,tirando ela de sua imensa solidão e acalmando sua vida.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Voltei,depois de todo esse tempo

Voltei seres humanos!
Sumi daqui por dois motivos,um deles é que o Enem,uma prova muito chata,cheia de coisas estranhas como garotas que vestem biquínis para se bronzearam debaixo de uma lampada comum - você leu isso mesmo - e sobre como os dinossauros morreram.Mas até que tinha umas coisas bem legal,como a J.K Rowling,Capitão América matando Hitler e ganhando a 2º Guerra Mundial - esse questão eu tive certeza que eu acertei,rs - Jimi Hendrix e Mutantes.O segundo motivo é que meu computador estava meio ruim,com monitor queimando e lerdo,mas ele foi arrumado e agora posso voltar a escrever aqui :D.
As novidades mais legal que tenho é que escrevi bastante nesse tempo que sumi e que me apaixonei pelo Roger Waters.Só isso.

Tchau.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Selo (:


Olá formas de vidas baseadas em carbono,como você estão?Eu presumo que estejam todos bem.Eu também estou bem se vocês querem saber.
Ganhei este maravilhoso selo da Patrícia, do Complicated Imperfect,um blog que eu adoro ler!Fiquei muito feliz ao receber a indicação,rs. Obrigada :3

E com o selo veio algumas regras,e aqui vamos a elas:

1- Nomear 15 blogs (pode ser  só esses aqui ?):

2- Avisar as pessoas que nomeou

3 - Agradecer o blog que te nomeou 
OBRIGADO!

4 - Adicionar o post ao blog
Bem,estamos aqui não é?rs

5 - Adicionar 7 coisas que você gosta
-Música
-Cinema
-Livros
-Café
-Estudar (sou nerd LOL)
-Fotografia
-Internet 

Até a próxima.





quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Sempre Acreditando em Arthur

E aqui estou eu,ainda acreditando em Arthur,pois acreditem,ele é uma das poucas pessoas em que consigo apoiar,e Ray Davies também.
Depois de tanto tempo na Austrália,o cara consegui se acostumar com tudo,lá é o seu paraíso e minguém pode contestar.Até parou de acreditar em Victoria,que foi sua rainha a muito tempo atrás,antes demesmo de ele ir para 2º Guerra.



"Arthur we like you and want to help you 
Oh! we love you and want to help you "


domingo, 21 de outubro de 2012

Tic-Tac

-Ei garota dos óculos vermelhos antigos!
-O que foi?
-Não tem nada melhor pra fazer?
-Talvez eu tenha.Por que?
-Então vá e faça algo,não mate  tempo com coisas estúpidas.
-Tipo?
-O seus medos e outras coisas.
-Ã?
-É isso mesmo!Pare de ler e cria um mundo melhor nessa sua cabecinha perturbada e solitária.
-Eu me perdi.
-Tome este relógio,eu sei que você adora o tempo,só não o deixa aborrecedor.E também,volte a ser Moriarty,o mundo agradece.
-Eu ainda sou o Moriarty,ou a morsa,eu não sei bem.
-Não você é Moriarty,inimigo de Sherlock Holmes,não a morsa,nem o Ziggy,nem ninguém,no máximo a Anastacia,e só.
-Entendo.
-Agora seja feliz por favor!Keith Moon e o cara que cria muros agradece.
Meio-Dia,mostra o relógio.


sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Bang Bang Shoot Shoot

-Eu não matei ele - disse a tola Mariana,tentando explicar algo que não fez,a alguém totalmente desconhecido que deveria conhecer,mas mesmo assim ela se recusa.
-Matou ele sim senhorita - disse ao policial,um pouco estressado tentando encontrar um pouco de calma em sua vida - veja suas mãos,por favor.
-Estão ensanguentadas.
-Tudo resolvido,foi você.
-Não foi.
-Comprove,então.
-Isso aqui não é C.S.I.
-Digamos que seja sim,minha cara.
-Pare de falar como Sherlock Holmes.
-E se eu for Sherlock Holmes:?
-Eu seria Moriarty.
-Confirma a morte deste homem?
-Sim,mas não fui eu.
-Foi você Moriarty,pode conversar.
-Que modos são esses Sherlock!Eu sou a Mariana,não prestou atenção?
-Moriarty,não confunda meu cérebro!
-Você sabe como eu amo fazer isso,não é Holmes?
-Acho que vou caminhar.
-Não vai mesmo!Irei prende-lo neste instante...
"Bang Bang Shoot Shoot..."
-Holmes me ajude!Alguém foi baleado!"
-O que você fez a John?
-Nada!Veja você mesmo.
John corria com as mãos ensanguentadas,até Sherlock.
-Atiraram em Lestrade.
-Te vejo mais tarde,Sherlock.
-Volte aqui Mariana!
-Eu não sou a Mariana,e sim Moriarty.
Sherlock caminha até Lestrade ferido,enquanto Moriarty/Mariana,continua a caminhar.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Contradições

Teus olhos se fecham.
Tua boca se abre.
E teus olhos descobrem a realidade,
Sob alguns aspectos
E tantas outras formalidades
Salpicadas pela certeza e a razão
De um coração,
Que se contradiz com a solidão.

domingo, 14 de outubro de 2012

Disfarce

Disfarço minha insegurança ,cobrindo meu rosto com uma máscara antiga chamada "Felicidade",geralmente usada por mim em vários bailes dessa vida,pelo qual eu vivo participando,com um certo receio de mostrar o meu "eu" verdadeiro.
Esse tal "eu" verdadeiro é só mais um ser humano confuso,solitário chamado Mariana,que descobriu que existe um adorável monstrinho dentro de seu coração gelado,pronto para fugir e mostrar o quão ruim este é.E ele só esta preso porque,uns caras chamados Beatles domaram ele,antes que algum de ruim acontecesse com o mundo.
E assim estou disfarçando minha vida,do caos total.

sábado, 13 de outubro de 2012

O Doutor,O Detetive e o Espião.

O título  lembra bastante um livro de C.S Lewis,"O Leão,A Feiticeira e o Guarda-Roupa",um de meus filmes favoritos que me fazem imaginar um mundo tão belo,e que me dão uma grande vontade de chorar .Mas este post não é sobre C.S. Lewis e seus personagens,mas sim sobre alguns personagens pelo qual estão fazendo a minha mente surtar de tantas idéias,e todos eles são britânicos como o C.S. Lewis e seu personagens.São eles: o Doutor,o Sherlock Holmes,John Watson e James Bond,o 007.


Finalmente eu consegui,depois de algum tempo de espera (e um amigo que fez a caridade de baixar para mim),assistir a sétima temporada de Doctor Who,que por sinal,esta excelente e estou cheia de vontade de dar uns spoilers,mas para a minha tristeza não irei dar spoilers.



Nesses tempos eu li,o "Jovem Sherlock Holmes",que fez minha mente borbulhar de idéias sobre ele,e depois que eu vi a série,eu me apaixonei mais ainda por Sherlock e pelo Watson.Uma pena que a temporadas só tenham só 3 episódios cada.


E por fim,James Bond (ahhhh o 007) .Virei Bond Girl,depois de ver o trailer de Skyfall,o novo filme de 007,que saíra no dia 26 desse mês,e eu como uma bond girl apaixonada,irei ver o filme (risos),já que nesse meio tempo,comecei a escrever uma história sobre ele,que no caso até sobre até um bloqueio,triste isso.

E assim passo meus dias pensando em personagens britânicos,criando histórias imaginárias para eles,para fugir da realidade.




sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Um Feliz Dia das Crianças



E nesse dia das crianças,como eu estava sem idéias para escrever aqui,eu resolvi porstar 2 fotos minhas de quand eu era criaça e uma quando eu tinha 4 anos,uma doce época em que minha principal preocupação era soemnente brincar e ver desenhos.
Feliz Dia das Crianças,crianças que são adultos e adultos que são crianças.


quinta-feira, 11 de outubro de 2012

I'm wishing my life away.


Sei que essa homenagem era para ser postada na terça-feira,dia 09,dia do aniversário de John Entwistle ,mas eu fiquei sem idéias para escrever um conto,como escrevi em homenagem ao Lennon,que também faz aniversário no dia 09.
Mas o que eu posso dizer sobre este John?Que o sorriso dele é maravilhoso,suas letras são uma grande inspiração em minha vida e,eu amo de paixão aqueles solos de baixo,e muitas outras coisas
Feliz aniversário John Entwistle,obrigado por ser uma parte de mim,só que melhor.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Lovely Rita



Entrei naquela sala,olhei para aquelas pessoas que conversavam,fumavam e pensavam sobre o nada.Por um momento,todos me olham por um instante,mas me esquecem,como um lapso de memória que se vai e jamais volta.Droga porque eu estou falando de memória?Voltemos a realidade.
Olhei mais uma vez para o local,e não o encontrei.Meu pequeno caderno estava quase molhado de tanto que minhas minhas mãos suavam.Sequei-as em minha saia vermelha,arrumei minha camisa azul e arrumei minha boina.Respirei fundo e consegui encontra-lo.
-Sr. Lennon? - perguntei,enquanto tentava engolir meu coração que saia pela minha boca,fazia alguns anos que eu não o via.
-Sim.. disse ele se virando para ver com que falava com ele - Ah sim!É você!Faz muito tempo que eu naõ a vejo!Você cresceu demais! - ele se levantou,beijou minha testa e me abraçou. - May,esta é a minha pequena Rita,que veio me entrevistar a pedido de um jornal de Nova York.
-Olá - disse eu enquanto tentava manter a calma.
-Olá - respondeu May um pouco feliz em me ver - quer beber algo?Um café?Um chá?Um uísque?Posso conseguir o que você quiser.
-Um café,se não for incomodar muito - respondi.
-Eu já venho - disse ela e saiu.
-Então,vamos começar essa entrevista? - perguntou John enquanto acendia um cigarro e me oferecia um,aceitei-o e abri meu caderno.
-Essa entrevista é mais pra você falar de si mesmo,tudo bem?
-Vamos lá!
E com uma alegria louca começamos aquela entrevista.
"The Beatles" - Um passado um pouco nem tão distante que no qual eu era morsa e vivia de olhos fechados.
"Paul McCartney" - Companheiro meu daquela banda,daqueles caras de ternos e cabelos todos iguais,que brigou comigo.
"Música" - Aquela estranha parte de minha vida que me salvou do mundo.
"Yoko" - Não quero falar sobre ela.
"Vida" - Essa coisa de louco pela qual vivemos todos os dias.
"Aquilo que te deixa feliz" - Tudo,desde o nascer do sol,até a noite mais solitária.
"Aquilo que te deixa triste" - Gueras,tristezas,mortes,tudo esse caos que vemos hoje.
"Saudades de alguém" - Tia Mimi,ela faz muita falta aqui.
"Lennon por Lennon" - Aquele cara míope,que esta perdido por aí.
Ao final dessa entrevista,John me beijou calmamente,e me fez me lembrar de meu primeiro encontro que tive com ele,quando eu tinha 15 anos,á 8 anos atrás,e de como pai,um jornalista que se sentiu muito honrado por eu ter seguido seus passos,se tornou amigo de Lennon e conseguiu que eu desse um tímido "Oi" e para que eu pudesse falar um pouco com ele.Conversamos sobre tudo e depois ele me abraçou e beijou minha testa.E começamos a nos corresponder e ele sempre me chamava de minha adorável Rita.Deve ser daí que Paul criou aquela música,"Lovely Rita".
Quando ele parou de me beijar,May estava a caminho com o meu café.Ela sorria e me sentia como uma garota apaixonada,com seu primeiro beijo.Conversei mais um pouco com John e May sobre a vida que eles levavam juntos e incluí isso na matéria também.
Me levantei e disse que estava na hora de ir embora.May me deu tchau e me deu pequeno abraço.Já John me deu outro abraço forte e outro beijo em minha testa.
-Adeus minha adorável Rita,eu a amo,e continue jogando os jogos da mente por mim - sussurrou ele em meu ouvido.
-Adeus John.

Quando voltei para meu hotel,coloquei meu Mind Games no toca disco e comecei a cantar "We're playing those mind games together...",.
Como se fosse um sonho,aquilo aconteceu,e eu ainda não acreditava naquilo.Comecei a chorar no meio da música,porque senti que nunca mais iria vê-lo.
E eu estava certa,seria a última vez que o veria.




segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Joy Division

Hoje eu venho trazer uma banda que nos últimos tempos eu me apaixonei,o Joy Division.


Joy Division foi uma banda de  formada no ano de 1976, em Manchester, Inglaterra. As atividades da banda encerraram em 18 de maio de 1980 após o suicídio do vocalista e guitarrista ocasional, Ian Curtis. Tinha também como integrantes Bernard SumnerPeter Hook e Stephen Morris, que, após o término da banda, formaram o New Order.
Com uma forte influência na cultura  de 1977 misturado com conceitos artísticos, Joy Divison foi uma banda que caracterizava-se por densas melodias, e uma tendência para a depressão e a claustrofobia.
Mesmo que as músicas deles tratarem de temas como o pessimismo e outras coisas tristes,eu me identifiquei bastante com as letras deles,porque talvez eu seja um pouco como eles, principalmente com Ian Curtis,que  acabou virando meu amor.
E minhas músicas favoritas deles são essas:















Até a próxima.



domingo, 7 de outubro de 2012

Todas Aquelas Incertezas


Eu sou uma dessas pessoas que é cheia de incertezas na vida.Isso é terrível porque eu nunca me decido do que eu quero de minha vida.Daí tudo o que eu faço é tentar contornar toda a situação que criei,a partir de uma decisão mal tomada em minha vida.
Existem momentos que a minha indecisão é uma coisa adorável de se ver.Sim,por mais que isso seja esquisito.Ela só fica adorável na hora de comprar algo e isso deixa a minha família com muita raiva e eu fico rindo de tudo.Eu avisei que era esquisito.(Risos).
Também teve a incerteza de escolher a imagem que iria ter nesse post,que nem foi tão difícil de se escolher,ou título,que eu estava até que afim de usar algo do tipo,em algum texto meu.
Mas de todas as certezas que mostradas neste post,a pior de todas que ficou de fora,ou escondida,ou eu não quis mostrar a vocês é a minha vida.

Watching The Wheels - John Lennon



Eu poderia escrever um desses posts explicando as razões de como "Watching The Wheels" do John Lennon,foi gravada e composta.Eu realmente poderia,mas eu estou pensando em realmente fazer isso,mas só que no Ticket To Ride,meu blog sobre os Beatles.
Eu me sinto tão bem escrevendo sobre o Ringo e sobre o John,pois com eles dois eu consigo meio que desabafar.Aí alguém pergunta "E o George e Paul?",sim com eles eu consigo desabafar,mas não tanto quanto com Ringo e John.
E essa música (Ah essa música!),me traz tantas recordações!Ela já me chorar,já me fez pensar sobre a minha vida,me fez ainda amar mais o John.
Espero que vocês gostem,até mais.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

OJovem Sherlock Holmes: Nuvem da Morte

Depois da reunião de pais da minha escola,meu tio me deu dois livros de presente por ter tirado boas notas.Um desses livros foram : "O Jovem Sherlock Holmes",de Andrew Lane,que também já foi roteirista de Doctor Who e de Torchwood.Mesmo que eu ganhei este livro em maio,eu só fui lê-lo de verdade mês passado (tinha milhares de livros para ler antes dele,e meu tio sempre me perguntava se eu tinha lido ele,e quando eu li,ele ficou muito feliz com isso).E eu terminei de  ler na quarta-feira a noite,e só postei agora porque eu estava com muita preguiça (risos).

Sinopse:"Você acha que o conhece?Pense duas vezes.
Dois cadáveres.Um herói extraordinário.A origem de um lenda.

Sherlock Holmes tem apenas catorze anos,quando,ao caminhar por um bosque,descobre um cádaver.Trata-se de um homem.Está coberto de pústulas.É então que Holmes começa uma nova vida.Sua mente destemida e a sede de aventuras conduzem-no por uma jornada capaz de deixar qualquer um sem fôlego: da tranquilidade da vida no campo ao submundo das docas londrinas,enfrentando fogo,espionagem e sequestros,até o cerne de uma aterrorizante trama que poderá mudar o futuro da Grâ-Bretanha.
O jovem Sherlock Holmes precisará valer-se de toda a coragem, a determinação e a força que puder reunir para derrotar um inimigotão requintadamente cruel."

Foi um dos livros que eu simplesmente amei ter lido e estou doida para ler a continuação da série que se chama: "Parasita Vermelho".
Até a próxima.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Um Agradecimento Muito Especial

Eu gostaria de agradecer a minha querida amiga  doida que vive comigo na dorgas forever   Joice N.do My Little World   (isso tá parecendo o Oscar,mas tudo bem) por ter feito o designer do blog!Que esta de cara nova,mas retro e fofinho do que nunca,mais precisamento do jeitinho que eu gosto.Ela simplesmente fez um trabalho incrível aqui!Porque eu sempre mudava o designer daqui,quase todos os dias e quase nunca ele ficava do jeito que eu queria,mas agora ele esta tão lindo que estou sem palavras para descrever o quão lindo ele esta!
O que me resta dizer é obrigado Joy por ter feito tudo aqui no blog!Te adoro pra caramba!

Até mais pessoas.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

O pôr-do-sol de Waterloo


O outono acabava de começar,e trazia a Londres um desses ares de preguiça,daqueles em que poucas pessoas aventuram a sair de casa,mas saem e vivem suas vidas.
Era um dia frio,mas havia um pouco do sol,fazendo com que seus raios se esquivavam timidamente das nuvens.
Um jovem chamado Ray Davies,foi um dos poucos jovens que resolvera sair de casa naquele dia frio.Saiu de seu quente e calmo apartamento para dar uma volta para Londres,para ver se tinha alguma ideia para escrever alguma canção para seu próximo disco do The Kinks .Foi para uma praça que ficava perto da estação de Waterloo,um de seus lugares favoritos.Levava consigo um pequeno caderno e uma caneta para anotar qualquer ideia que tivesse para alguma canção.
Já tinha escrito alguns versos sobre um almanaque de outono,um lembrança de um livro que costumava ler quando pequeno,sobre chás da tarde,outra grande paixão de sua vida e a história sobre a vida de um homem chamado Harry.
Mas Ray sentia que ainda faltava escrever algo,mas não conseguia pensar em nada para escrever.Acendeu um cigarro e começou a tentar a pensar em algo, e tudo o que vinha em sua mente naquele momento era: "Eu estou no paraíso".Mergulhou mais uma vez em seus pensamentos e esqueceu do mundo que estava ao seu redor. e acabou nem notando que um homem havia se sentado ao seu lado.
-Sabe meu jovem - disse o homem tirando Ray do mundo de seus pensamentos - o  pôr-do-sol daqui é o mais lindo do mundo.
-É mesmo ? - perguntou Ray tentando demonstrar algum interesse naquilo que aquele homem estava dizendo.
-Sim,havia até um casal que costumava vir pra cá para se encontrar e ver esse maravilhoso pôr-do-sol,se não me engano - o homem fez uma pausa,colocou sua mão direita em sua boca,para ver se conseguia lembrar do nome do casal - se não me engano eles se chamavam Terry e Julie.
Ouvindo tudo isso,Ray teve um súbito de inspiração para compor a última música que faltava para o disco.
-Mas eu nunca gostei de vir para cá nos horários de pico,em que milhares de pessoas entram e saem dessa estação,sempre preferi ver tudo de minha janela,que fica logo ali -ele apontou para um prédio que ficava do outro lado do parque - esse pôr-do-sol sempre me deixou felliz
-Aqui é o paraíso -  murmurou Ray.O homem sorriu e balançou a cabeça em um sinal de sim.
-Aqui realmente é o paraíso - consentiu.
Por um momento os dois ficaram observando os raios de sol passarem timidamente pelas árvores.
-Eu acho que já vi você em algum lugar?- perguntou  o homem olhando fixamente - você não é daquela banda...The Beatles?Não é?
-Acho que sim - disse Ray rindo.
-Pode  me dar seu autógrafo?
-Sim claro - disse Ray pegando  uma folha de seu caderno e escrevendo "Ray Davies,The Kinks".
-Obrigado e até logo - disse o homem acenando para Ray
-Até.
Ele ficou ali por mais alguns minutos escrevendo  a música que recebeu o adorável nome de "Waterloo Sunset",em homenagem aquela tarde.Pouco depois Ray tomou um taxi e foi embora para seu apartamento,onde depois compôs as melodias da música e telefonou para seu irmão.
-Alô Dave?Lembra daquela música que faltava compor?Eu a compus e amanhã gravamos ela!



terça-feira, 25 de setembro de 2012

Deixe Uma Sugestão.

E aqui estou eu novamente,fazendo outra análise sobre a minha vida,e como vocês podem notar,ela esta bem triste e chata.E essa análise se trata basicamente sobre isso.Um alerta,se você esta feliz sugiro que você não leia esta análise,porque você irá ficar triste e, isso não é bm.
Acho que toda reflexão deprimente tenha nascido de algo deprimente.E geralmente quando eue estou deprimida nasce de músicas e de bandas que tem um "que" de drepessivas,tipo o Joy Division e os Smiths,principalmente do Joy Division e do Ian Curtis também,pois passo a maior parte do meu tempo (leia-se:escola e outras coisas tediosas) escutando as músicas deles e me identificando com  elas,por mais estranho que isso pareça.
Aí você pergunta:"Você é do tipo de pessoa que se corta e anda de preto, e é depressiva?" ,olha nem tanto.Eu sou do tipo de pessoa que é muito sozinha,que já pensou na morte como uma solução para alguns problemas,que foram resolvidos e outros acho que jamais serão resolvidos.E eu gosto de usar preto as vezes,porque é uma de minhas cores favoritas.
As vezes eu troco muitas pessoas que estão ao meu lado,pela solidão,que é melhor que muita gente do meu lado,que não nota que irritante e chata,ou seja boa parte da minha sala de aula que se sente meus amigos,mas na verdade são uns merdas,que querem opinar em minha vida.
E aí chegamos a um ponto em que todos queren pegar uma fila e escrever numa caixinha de opinião sobre a minha vida,tentando fazer ela melhorar,do modo delas é claro.
Olha se eu tenho que ser feliz,devo fazer isso do meu jeito,sem ajuda de pessoas pelo qual eu não desejo estar perto,mas tenho que atura-las.
Ou ficar mais triste com tudo.

domingo, 23 de setembro de 2012

Um Amor: A Espionagem


Um temas que mais me atraem desde pequena é a Espionagem,seja em livros,filmes,séries,etc.Desde 007 á Agente 86,passando pela C.I.A e a K.G.B,menos Missão Impossível,que eu considero bem chato.
É um dos temas pelo qual eu adoro escrever,ao todo já escrevi 4 histórias com essa tema,mas não consegui passar ela para o computador.Mas ultimamente estou revivendo tal amor pela espionagem que estou escrevendo novos contos e histórias sobre esse tema.
E um personagem que ultimamente esta remexendo minha mente é o 007.Acabei me reapaixonando por ele quando vi o trailer de Skyfall,o próximo filme de James Bond nos cinemas,no domingo passado,e desde então,estou assim,apaixonada por espiões.


A Primavera Chegou...


...e com ela trouxe todas aquelas incertezas de uma nova estação,e a chuva,que depois de 65 dias,acabou chovendo aqui em São Paulo,trazendo o frio de volta e minha alegria também.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Minha Vida já foi você...


"Ahora que mi vida
Quieres tu vida
Y ya no estás
Ahora que mi vida
Quieres tu vida
Y ya no estás"

...Agora não é mais.Mesmo que um dia eu ache um louco melhor que você.Pois eu sou meu próprio coração.