segunda-feira, 30 de abril de 2012

Tardes frias

Se existe uma coisa no mundo que eu adore mais no inverno e no outono são as tardes frias.Eu gosto delas desde pequena,elas me trazem boas lembranças,na verdade,as melhores lembranças que eu tenho,de como ir a São Paulo com as minhas amigas,e com alguns parentes de meus,de ter feito coisas maravilhosas nessas tardes.
É nessas tardes frias que sempre tenho muitas inspirações para escrever,fotografar,ouvir música,dançar,ler,ficar refletindo sobre coisas filosóficas e essas coisas do tipo.Deve ser por isso mesmo que amo dias frios,porque as tardes são sempre as melhores.
Até a próxima.

domingo, 29 de abril de 2012

Pictures Of Lily - Parte 3

Primeiros capítulos da história.


Escute essa música e relembre toda a história.

                         

Londres estava calma,sua noite tranquila convidava a todos para darem passeios noturnos ou tomar um drinque num pub.Mas por trás de toda essa calmaria,a cidade fervia com seus shows de rock,que extasiava tudo e a todos.
Em um desses shows estava Marie,assistindo o show de seu namorado,o vocalista da banda The Who,Roger Daltrey,umas das mais famosas bandas de rock de Londres.
Marie estava bem de frente para o palco,uma vista muito privilegiada para qualquer fã do Who.Ela estava concentrada em Roger e tentava controlar ao máximo seu ciumes em relação as fãs malucas do Who,mas ela também era uma fã maluca e tanta ciúmes não ajudava em nada.
Roger,um romântico incontrolável que era,a cada música que anunciava,dedicava sempre á "Uma pessoal especial que faz a minha vida mais feliz",que fazia todas as fãs do Who,se perguntarem quem é essa pessoa especial?Será que ele esta mesmo namorando?
Naquela noite,Roger e Marie,haviam combinado de dar um passeio juntos para enfim de namorarem um pouco,já que ele estava ficando sem tempo para vê-la e a noite era melhor para passear,já que dificilmente ele seria reconhecido por suas fãs malucas.
A última música se aproximava,a faixa que levou o Who ao sucesso mundial,"My Generation", e quando Roger avisou que esta seria tocada,Marie saiu em disparada aos bastidores,onde se encontraria seu amor,para enfim ficarem sós por um momento.
Marie chegou ao camarim de Roger,estava ofegante pois correu um pouco e entrou rapidamente,e se sentou numa cadeira próxima ao espelho,e começou a folhear uma revista próxima a ela.
Enquanto Marie esperava pacientemente,Roger estava quebrando tudo junto com Pete,John e Keith e seus roadies tentando salvar os "restos mortais de seus instrumentos",e depois de muitas coisas quebradas Roger foi correndo para o seu camarim,enquanto suas fãs o perseguia,e avisou um roadie para manter as fãs longe de seu camarim,o que seria um pouco impossível,mas ele tentariam.Roger correu de algumas fãs,entrou em seu camarim e encontrou Marie sentada concentrada lendo sua revista.
-Marie?
-Ah,oi amor,como vai? - disse Marie se levantando e indo em direção ao seu amor.
-Eu vou bem - disse Roger a enlaçando para um beijo - você esta muito linda hoje.- disse ele arrumando seus longos cabelos pretos para atrás da orelha e a beijou,mas enquanto se beijavam,ouviram as fãs de Roger gritar.
-Talvez seja a hora de nós irmos querido - disse Marie.
-Talvez mesmo.Ah gostei de sua camiseta -  disse Roger observando a camiseta com um alvo azul e vermelho que Marie usava.
-Obrigado,foi presente de Keith - Keith acabou considerando Marie quase como uma irmã,desde que ela começou a namorar Roger e ela também se parecia muito com Kim,sua namorada.
Roger segurou forte a mão de Marie e juntos foram tentar passar pelas fãs.Quando estas viram Marie,primeiro acharam que Kim estava traindo Keith com Roger,e depois pensaram que esta havia pintado seus cabelos de preto,mas perceberam que não era Kim e quando viram Pete saindo de seu camarim,estas ficaram loucas e foram agarra-lo.
Marie e Roger saíram correndo de lá,e foram ao parque em que se conheceram para poderem relembrarem do dia em que se conheceram,namorarem,trocarem juras de amores eterno e Roger contou a Marie sobre Lily e porque ele estava triste e quase depressivo no dia em que se conheceram.Depois de ouvir isso Marie,jurou a seu amado que jamais o abandonaria e jamais quebraria seu coração.
Depois de se amarem e ficar caminhando pelo parque,resolveram jantar no apartamento do Roger,já que o dela,em que esta dividia com sua amiga (outra fã maluca do Who),Jane estaria ocupado,e não ficariam sozinhos e sua amiga iria tentar roubar um pedaço do cabelo de Roger.
Quando chegaram ao apartamento onde o grupo dividia,estava vazio já que o resto do Who estava comemorando num pub e teriam bastante tempo juntos.
Marie resolveu fazer um prato bem fácil de se preparar a dois,macarrão ao molho.Enquanto preparavam,namoravam,cantavam,bebiam um pouco de vinho,e depois de jantarem foram dançar,cantarem namorarem um pouco mais foram para o quarto de Roger e começaram a se amarem fortemente.
-Você quer isso,Marie?  - perguntou Roger.
-Quero sim.Eu te amo,Roger e nada mais me importa,só você é claro. - disse Marie apaixonadamente.
E assim fizeram amor loucamente,como jamais fizeram em suas vidas,e acabaram nem percebendo que Pete,John e Keith haviam chegado em casa.
-...eu só vou aqui pegar um par de meias,porque estou morrendo de frio,opa! - disse Keith flagrando Roger e Marie namorando entre as cobertas.- Agora eu sei o porque você foi embora mais cedo.Era para dar uns amaço nela,hein Roger? - disse Keith rindo.
-Droga Keith!Não sabe bater na porta? - disse Roger bravo expulsando Keith de seu quarto - ta e agora não posso vir para casa com a minha garota?Precisamos ficar mais...vontade!
-Bem se é isso que você quer,nós vamos ir dormir agora - disse Keith saindo do quarto de Roger - boa noite minha querida Marie - disse Keith acenando para Marie.
-B-boa noite Keith - disse Marie também acenando.
Roger fechou a porta de seu quarto,e se deitou junto a Marie,voltaram a se amar mais um pouco e adormeceram,abraçados para poderem se aquecer enquanto começava a chover lá fora.
E vendo Marie dormindo,Roger pensou em como Marie o fazia feliz,e como ele era grato por isso.As fotos de Lily,ainda continuava em sua gaveta,mas ele nunca voltara as ver.Sua vida se resumia a somente a Marie.


sábado, 28 de abril de 2012

Selo


Olá meus caros leitores,eu ganhei este lindo selo da Patrícia,yeah,e junto dele veio algumas regras,que são elas:
Diga uma coisa óbvia sobre ti: Eu sou muito solitária,é uma dura realidade.
Qual o teu maior medo? Cemitérios,é difícil de explicar mas é o meu pior medo.
Qual tua cor favorita? Três: azul,vermelho e preto.
O que mais gosta de fazer? Escrever,escuta música,ler,ver bons filmes,dormir.
Qual estação do ano prefere? Inverno e outono.
Qual o teu vício? Beatles,Who,Café,2º Guerra ,Coisas antigas.
Qual a coisa mais maluca que tu fizestes? Uma menina na escola e levar uma advertência,pois é.
Qual a coisa mais odeias? Muitas coisas,a principal é quando as pessoas não respeitam minha idéias e meu espaço.
Se pudesses mudar algo em ti,o que seria? Meu temperamento,sei lá,ele é uma coisa de louco.
Qual é a viajem dos teus sonhos? Por toda a Europa,em especial: a Alemanha,Inglaterra,França,Itália,Rússia e Manhattan nos EUA.


Indicados:
Na Sua Estante,Faz de Conta,Rascunhos Perdidos

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Dimensão Imaginária

Olá caros leitores,estou aqui para dizer a vocês que o blog mudou de nome,agora ele se chama "Dimensão Imaginária".Aí vocês me perguntam,de onde eu tirei este nome?
Bem,eu estou numa fase de muita ficção científica e de muito Doctor Who (que falarei depois em outro post) e o nome foi uma sugestão de uma amiga.
E também,porque estou muito lunática e louca,a vida não pode ser mais feliz (risos).
Ah a url não mudou,se vocês querem saber.
Até a próxima.

domingo, 22 de abril de 2012

A intensidade da solidão


A solidão é tão intensa aqui na minha casa que afetou até o meu cachorro.

sábado, 21 de abril de 2012

Meu primeiro LP

Hoje,sim hoje mesmo,eu ganhei meu primeiro LP,um LP de 78 rotações do Paul McCartney,um show dele de 1980.Quem me deu este presente?Foi a minha amiga Michelly,que disse que sua tia ia jogar fora e que seu pai pensava em vender,mas sua mãe se lembrou e me deu de presente.E se vocês querem saber estou muito feliz por isso.
Aqui estão algumas fotos que eu tirei dele,(risos).



Não liguem para eu,se concentrem no LP.


Até a próxima.

A vida pode ser mais feliz...


...ou talvez não.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Let's Fall In Love


"I'll ever want so please don't stop loving me"  - Keith Moon





domingo, 15 de abril de 2012

Good Times For A Change

Bons tempos esses,que para variar me fazendo feliz,depois de tantas brigas,de tantas feridas expostas a toa,e de verdades inúteis ditas sem necessidade.
Sim,agora minha vida esta muito feliz,calma e um pouco apaixonada talvez,mas tirando as provas,as tarefas da escola,que na certa eu me ferrei na maior parte,de resto eu estou muito bem e muito feliz por si só.
A solidão se foi,não toda ainda resta um pouco dela,pronta para voltarem qualquer momento de tristeza e crises pessoais,para me deixar louca como sempre.
Eu estou adorando esses momentos felizes que minha vida esta tendo,estou desfrutando ao máximo dele,afinal um pouco de sol na minha vida não vai me fazer mal,depois de tantos dias frios e cinzentos,e eu estou feliz é isso que importa.

Até a próxima.


sábado, 14 de abril de 2012

Já chaga disso

E aí?O que você acha melhor,expor meus erros a todo mundo ou você só simplesmente esquecer o que aconteceu?Eu adoraria que você escolhesse a segunda opção,pois eu estou odiando tudo isso,mas você não sabe disso ou não quer entender.
Já chega de expor as minhas feridas para todo mundo,eu não aguento mais isso,dói demais,mas acho que você nunca percebeu isso.Eu percebi que não posso cutucar suas feridas,se não as minhas acabam piorando.
Então faremos assim,eu não exponho as suas feridas e nem você as minhas,e assim viveremos felizes ,até que alguma de nós se ferre de novo ou algo do tipo.
E assim caminha a sociedade,ainda feliz sem feridas expostas.

sábado, 7 de abril de 2012

Um pedido de desculpas pelo sumiço...

Esses dias,dei uma pequena sumida aqui no blog (alguém notou?),pois estava de castigo e minha mãe acabou tirando o computador e a internet de mim (não vou entrar em muitos detalhes,pois vocês terão que tentar entender questões familiares muito complexas,esquisitas e loucas).
Como eu estava sem internet,eu fiquei basicamente refletindo questões muito chatas e complexas sobre a minha vida,escrevi um pouco,li muitos livros,assisti alguns filmes cabeças,e escutei muita música.Foi basicamente o que eu fiz da minha vida esses dias em que sumi.
Peço desculpas por ter sumido,afinal presciso atualizar este blog para que vocês,leitores,o leiam sempre com coisas muito novas.
Enfim,é só isso.Até a próxima.