quarta-feira, 11 de julho de 2012

Pictures Of Lily–parte 4

Pictures Of Lily - Parte 1
Pictures Of Lily - Parte 2
Pictures Of Lily - Parte 3



Roger e Marie estavam loucamente apaixonados um pelo outro, mesmo que cada um mal tenha tido tempo para se ver, pois Roger estava com a agenda lotada de shows com o Who, e Marie havia conseguido um emprego de jornalista no New Music Express, um jornal que esta almejava trabalhar havia muito tempo. Mas sempre que lhes sobravam tempo, aproveitavam juntos namorando um pouco.
Marie havia se tornado muito querida por todos do Who, que acabavam deixando Roger com um pouco enciumado, mas ele sempre tentava se controla-lo para que não fosse motivo de piadas para Keith, e ele sempre acabava “atrapalhando” o momentos amorosos do casal. Numa vez, Roger e Marie estavam aos beijos no sofá no apartamento em que todos do Who dividiam, Keith se aproximou e começou a caçoar do ciúmes de Roger, Marie começou a rir de tudo enquanto Roger queria matar Keith.
-Acalma-se Roger – disse Marie enquanto afagava os cabelos de Roger, para ver se ele se acalmava um pouco – ele só está brincando com você.
-Você sabe muito bem que eu não gosto dessas brincadeiras que ele faz comigo – disse Roger encostando sua cabeça no colo de Marie, para que ela os afagasse mais – estou ficando estressado demais com isso.
-Você não devia ligar para as coisas que ele fala – disse Marie enquanto afagava o cabelo de Roger e percebendo que ele estava começando a dormir, afagando mais seus cabelos e quando ele adormeceu, deu um pequeno beijo, deixando a testa dele manchada de batom vermelho.
Quando Roger acordou, percebeu que Marie não estava mais lá, e olhou para o pequeno criado mudo que ficava ao lado do sofá e viu que perto do cinzeiro lotado de guimbas de cigarro, havia um pequeno bilhete escrito com uma caligrafia fina e delicada, ”Para Roger”, num envelope branco mais delicado ainda.
E o bilhete estava escrito:
“Querido Roger,
Desculpe tê-lo deixado dormindo ai sozinho, notei que você estava dormido tão bem que não queria que você acordasse. Avisei a Pete que estava indo embora e avisei também que lhe deixei um bilhete.
Eu te amo muito, de sua Marie.
P.S = Estou com uma vontade doida de fazer um piquenique, eu ia te falar, mas você acabou adormecendo.
P.S.2 = Eu o amo demais. Beijos!”
- Eu também a amo demais, minha pequena Marie – disse Roger enquanto lia o bilhete.
-Ah você acordou – disse Pete usando avental e se sentando ao lado de Roger – eu ia te acordar e te avisar do bilhete.
-Entendo – disse Roger enquanto acendia um cigarro – mas porque você esta usando este avental, cara?
-Estive lavando a louça – respondeu Pete – eu sabia que ninguém iria lava-la , então a lavei para que não acumular mais ainda.
Roger assentiu com a cabeça em sinal de sim enquanto fumava, enquanto pensava pacientemente no pedido de Marie para fazerem um piquenique juntos, olhou para o relógio que ficava na parede, 00:00 AM, aquela Sexta-Feira acabava muito calma.
No dia seguinte Roger telefonou a Marie, dizendo que fariam o piquenique no domingo, já que naquele sábado ele teria show com o Who. Marie ficou tão animada com a ideia, que pouco tempo depois foi ao mercado mais próximo de sua casa, com sua amiga Jane comprar as coisas para o piquenique que iria acontecer.
-Marie, porque você esta tão ansiosa para este piquenique? – perguntou Jane enquanto observava Marie toda radiante no mercado.
-Só estou assim, pelo fato que vou passar um certo tempo com meu amor – disse Marie pegando um pacote de pão e olhando fixamente para uma pequena lista de coisas a comprar que prepara – eu ia te chamar para vir comigo, mas você saíra amanhã com seu namorado, não é?
-Sim, vamos ao cinema amanhã – disse Jane, um pouco triste.
-Então porque vocês não dão uma chegada por lá? – perguntou Marie
-Não seria uma boa ideia, ele não gosta do Who.
-Entendo.
Terminaram de comprar as coisas para o piquenique e voltaram para o apartamento onde as duas dividiam, onde Marie passou o resto do dia arrumando as coisas para levar para o piquenique, que ela achava que seria somente entre ela e Roger.
Roger contou aos rapazes o que iria fazer um piquenique com Marie, no domingo e que ela estava bastante ansiosa para fazer isso.
-Faz tempo que nós não fiquemos bastante tempo um com outro – disse Roger sorrindo.
Domingo chegou de uma forma presunçosa, que nem Marie nem Roger esperavam. O dia estava perfeito para um piquenique, o dia estava ensolarado, a previsão previa nada de chuva e Marie adorava dias assim. Roger telefonou a Marie dizendo que iria apanha-la lá pelas 14:00 PM, para irem para o parque.
Depois que desligou o telefone virou-se e viu que Keith estava sentado no sofá, olhando fixamente para Roger com um grande sorriso entre os lábios.
-Então vamos encontrar Marie as 14:00 PM? – perguntou Keith.
-Quem disse que você vai? – perguntou Roger atônito
-Bem, você não disse nada que eu nós todos poderíamos ir – disse Keith se levantando – então todos nós iremos com você, ou vai ficar com ciúmes?
-Quando você diz todos nós, você esta indo incluindo John e Pete também? – perguntou Roger ainda surpreso com tudo o que estava ocorrendo.
-Sim, já irei acorda-los, afinal estamos quase nos atrasando, já são 12:00 PM! ­– disse Keith indo acordar John e Pete. Roger ficou parado, tentando digerir toda a situação e pensando como Marie reagiria a tudo aquilo, mas com certeza ela iria adorar vê-los .
Pouco depois,Pete e John acordaram,se arrumaram de uma forma rápida,e se sentaram no sofá da sala,esperando pacientemente Roger e Keith se arrumarem.Depois que todos se arrumaram,foram até a casa de Marie,no carro que Roger conseguiu emprestado com seu empresário.
Nenhum deles conseguia conversam durante todo o trajeto do apartamento deles,até o de Marie.Quando chegaram ao prédio em que Marie vivia,ela já os esperava na porta do prédio,com uma cesta de piquenique em seus braço direito.
-Olá rapazes - disse Marie depois de dar um pequeno beijo em Roger,e entrando no carro,se sentando ao lado de John e Pete que estavam no banco de trás do carro.
-Olá Marie - responderam Pete,John e Keith em coro.Enquanto Roger,morria de ciúmes dirigindo.
Depois de um curto trajeto regado a piadas de Keith em relação ao ciúmes de Roger com Marie,finalmente chegaram no parque.
Marie escolheu um pequeno local isolado,com poucas pessoas,para que o Who não fosse descoberto pelo seus fãs.Arrumaram as coisas e ficaram se divertindo um pouco,com um freezby de Marie,ou caminhando pelo parque.
-Ah Marie,como você pode ser tão adorável com agente? - disse Keith entre uma mordida e outra num sanduíche que Marie preparou.
-Estão mesmo ótimos - concordou John.
Depois de um pequeno almoço,Roger e Marie saíram para um passeio,enquanto John,Keith e Pete dormiam debaixo de uma árvore.Roger e Marie se sentaram num banco um pouco afastado dos rapazes para poderem namorar um pouco sem serem atrapalhados.
Enquanto trocavam alguns beijos,Roger acabou notando distantemente,uma pessoa,que de longe observava seriamente os dois namorarem,e esta pessoa se parecia com Lily.
-O que você esta vendo meu amor? - perguntou Marie depois que Roger parou de beija-la - Viu algo de estranho?
-Não,querida não vi nada - disse Roger distraído.

Algumas horas depois que,voltaram para casa e Marie foi para o apartamento do Who,para ficar mais um tempo com Roger,acabou adormecendo e Roger acabou colocando ela,em sua cama.Quando saia de seu quarto,acabou encontrando Pete,mais uma vez lavando a louça.
-Ah você esta ai,de novo - disse Roger se aproximando de Pete.
-Se eu não fizer,ninguém vai fazer - respondeu Pete.
Os dois riram da situação.
-Eu acho que vi Lily no parque - disse Roger um pouco tristonho.
-Você não esta voltando a ama-la,esta? - perguntou Pete um pouco bravo.
-Não,não jamais - protestou Roger,um pouco inseguro.
-O que esta parecendo,é que você começou a amar a Marie,só para esquecer Lily - disse Pete enquanto lavava um prato.
-Eu amo Marie mais do que tudo - respondeu Roger,enquanto olhava confuso para o seu quarto,e via Marie dormindo.
Será mesmo que estava ainda amando Lily?Será que tudo que sentia por Marie era falso?Roger estava muito confuso para responde-las.
Foi para seu quarto,deitou ao lado de Marie,e tentou de alguma maneira tirar Lily de sua mente e só pensar em Marie.



Um comentário:

  1. É, chegou a hora do Roger se decidir se vai mesmo ficar com a Marie ou voltar a conquistar a Lily. Mas adorei a cena do piquenique com a turma toda. Só mesmo o Keith pra "se convidar" hehehe. Muito legal o capitulo! Continue!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para comentar.