segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Nas Ondas do Rádio


Numa tarde fria,nevava forte lá fora,desligamos a T.V,pois não passava nada de bom e ficamos sentados em volta lareira para ver se ficamos um pouco quentes.
-Porque não ligamos o rádio? - sugeriu papai enquanto nós,absortos observando o crepitar das chamas do fogo,na lareira.
-É uma uma boa ideia - disse minha mãe.Ela se levantou,ajeitou seu vestido verde-claro,e foi em direção ao rádio ,que ficava numa comoda perto perto da T.V. e o ligou.
Logo começamos a ouvi-lo,notamos que era um programa sobre jazz,algo muito incomum nas rádios britânicas e do mundo,já que em 1965, o havia dominado todas as paradas de sucesso.Meu pai,um grande amante do jazz,sentiu-se feliz e até começou a dançar um pouco com minha mãe,que estava um pouco desconcertada com toda aquela situação.
O programa durou exatos 30 minutos,depois meu irmão mais novo se levantou e trocou de estação.
-Ei Pete, por que você fez isso? - perguntou meu pai,um pouco bravo.
-O programa já tinha acabado - respondeu ele - acho que vou procurar algo sobre esportes para escutar.
Ele,encontrou um jogo de futebol que acabara de começar a ser transmitido e meu pai ficou ouvindo a transmissão com ele,enquanto minha mãe tricotava e eu estava sentada numa poltrona perto da janela observando o "mundo branco" que a neve criara lá fora.
Pouco depois o jogo havia terminado,e meu irmão começou a procurar algo de bom para escutar.
-Mary,encontrei algo que você irá adorar escutar - disse Pete me tirando daquele transe todo,que eu estava tendo em frente da janela.
Era um programa sobre rock e como todos da casa sabiam,eu adorava rock!Simplesmente fiquei lá parada,cantando e dançando ao som de "Twist And Shout" dos The Beatles,"My Generation" do The Who, "You Really Got Me" do The Kinks e muitas outras que tocaram depois.E a cada música que tocava,cada um de meus familiares,ia me deixando sozinha e ia fazer algo,para que eu pudesse eu pudesse ficar sozinha, escutando o que eu mais amava,sem ninguém reclamar.


(Escrevi este conto em um prova e acho que ele me ajudou a tirar uma boa nota!Risos).

2 comentários:

  1. Adorei o texto Mari, bem sua cara mesmo. HAUSHAUSH
    O meu ficou mó tosco D:

    ResponderExcluir
  2. Obg Joy oskaspka escrevi esse texto do nada naquela prova e comecei a falar sozinha "Mas não é que ficou bom?rs" o pessoal me achou estranha.kkk

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para comentar.