segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Acostumar


Acostumei com o sol batendo no meu rosto todas as manhãs ao acordar,quando meu irmão abre a janela de nosso quarto pra "eu acordar",como ele gosta de ressaltar todas as vezes que faz isso.Sim,eu sei é horrível  essa sensação,mas sei lá eu já me acostumei com isso.
Me acostumei com as raras vezes em que as brisas do vento bateram calmamente sobre os meus olhos,quando eu tiro meus óculos para limpá-los,eu adoro quando isso acontece,pois é rara as veze disso acontecer.
Me acostumei com coisas bobas como olhar para as fotos dos meus amores e desejar que eles estejam ao meu lado,ou a tomar café frio que é delicioso,imaginar o tempo espaço continuo lá fora,de como ele e de como um dia eu poderei ir para lá (Com o Doutor,é claro).
Simplesmente eu fiz isso,me acostumei a coisas tão bobas que fizeram a minha personalidade -e a minha vida também- a serem o que elas são hoje.E sem todas essas coisas,eu realmente nãos sei como seria a minha vida,talvez eu saiba,ela seria uma coisa muito patética,sem essas coisas de ser uma coisa diferente e mais contagiante,mais nostálgica.
É só se acostumar com coisas tão tolas,que sua vida fica assim,feliz demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar.