domingo, 27 de janeiro de 2013

Noite de Luar


[...]
Mas naquela noite,eu olhei para a Lua e vi toda a minha alegria voltar,minha inspiração aparecer depois de dias desaparecida,voltou triunfalmente para a minha vida.E aquele último capítulo,o mesmo capítulo que escrevia fazia dias,terminei.Escrevi um prólogo,um epílogo,uma carta,uma dedicatória a Lua.
Foi isso o que eu fiz.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Pictures Of Lily - Capítulo 5



A estação de Waterloo estava praticamente vazia, só havia lá umas poucas almas corajosas que se aventuravam em enfrentar o frio naquela manhã.
-Por que temos que embarcar tão cedo? –perguntou Keith enquanto tentava se esquentar nos braços de Nora, sua namorada - eu poderia estar dormindo agarradinho com Nora agora. – tal comentário fez com que Nora acabou soltou um risinho envergonhada com aquilo.
-Você terá tempo de tempo suficiente para dormir durante a viagem! –respondeu Pete num tom bravo, enquanto apertava fortemente a mão de Felicity sua namorada, como se não quisesse deixa-la partir. –onde esta o Roger?
-Roger esta na cafeteria, com Marie - respondeu Felicity.
                                                  ***
-Eu não estou muito a fim de fazer essa turne, meu amor - disse Roger enquanto afagava a mão de Marie, bebericando um pouco de café - eu queria ficar aqui com você.
-Entendo meu amor – respondeu Marie num tom compriensível –mas não pode faltar com seus deveres com a banda.
-Eu sei –respondeu Roger afagando o rosto de Marie –admiro sua compreensão, mas mesmo assim morrerei de saudades, enquanto estiver longe ou você vem comigo. –Roger sorriu e puxou gentilmente o rosto de Marie para um beijo, só sendo atrapalhados pelo relógio da estação que badalava a hora. Eram 7h00 da manhã,estava na hora dele partir.
-Esta na hora de seu trem partir - disse Marie um pouco triste, enquanto tentava controlar suas lágrimas. Tomaram o resto do café que estavam bebendo,Roger pagou a conta e foram para a plataforma 9 e lá encontraram os rapazes da banda e suas namoradas,menos John,que estava sentado sozinho num banco lendo uma Rolling Stone.
-Ei Ox, a Ana não vai vir dizer ‘tchau’? –perguntou Roger tirando John de seus mais profundos pensamentos.
-Ela teve que viajar ontem - respondeu John fechando a revista e acendendo um cigarro - foi cuidar de sua mãe que esta doente.
-Entendo –respondeu Roger –você deve esta muito triste por isso.
-Cada momento que passo longe dela, já uma tristeza –disse John cabisbaixo –vamos o trem já vai partir, vou chamar os outros. Tchau Marie.
-Até logo John - repondeu Marie enquanto apertava a mão de John.
-É hora de eu ir, meu amor - disse Roger abraçando fortemente Marie e lhe dando um beijo apaixonado!
-Vamos Roger!-gritou Pete, enquanto dava um último beijo em Felicity - tchau meu amor, e venha Keith!
-Só um minutinho - gritou Keith enquanto o trem soltava seu apito - prometa a mim boneca que aquele guitarrista de uma figa não vai te importunar?Se ele fier isso, eu juro que saio da turnê e mato ele. E quanto voltar,faremos amor e gritaremos demais.
-Ray é página virada, meu fofinho, só quero você! –respondeu Nora, impressionaada com a declaração de amor - E me prometa que não vai olhar pra nenhuma mulher e muito menos aquela Kim vai te perseguir, porque se não, eu pego a sua bateria e jogo na cabeça dela!
-Pode deixar-respondeu Keith, beijando Nora loucamente e saindo correndo - eu te amo Boneca!
-Eu te amo Keith - ela respondeu acenando.
-Vamos Roger-disse Keith puxando Roger - temos que ir, tchau Fefe, tchau Marie!
-Espere um pouco - disse Roger, tirando o cachecol de seu pescoço e jogando no pescoço de Marie e a beijando- cuide-se, e me espere.
-Não vai sentir frio? –perguntou Marie.
-Não eu tenho outro na mala –respondeu Roger mentindo, aquele era seu único cachecol –adeus meu amor.
-Adeus meu bem.
Roger entrou no trem, junto com os outros rapazes e acenaram e gritaram que as amavam, enquanto estas respondiam o mesmo.
-Acalme-se Marie –repondeu Felicity –limpe as lagrímas amiga, ele volta já.
-Eu sei - repondeu Marie limpando suas lágrimas - teremos que cobrir o show do Hollies hoje a noite, não é?
-Eu tinha me esquecido –falou Nora –vamos amigas, ainda podemos dormir mais duas horinhas.
Felicity acabou levando Marie e Nora para a casa de cada uma enquanto ironicamente tocava The Who no rádio.
                                              ***
Durante toda a viagem Keith dormiu no colo de John, enquanto este acabou adormecendo observando a paisagem e pensando em Anastacia, sua namorada.
-Eu tenho que tirar uma foto disso - disse Pete, enquanto pegava sua camera - e depois mandar pra meninas.
-Eles vão matar você quando acordarem - respondeu Roger.
-Eu sei - respondeu Pete com uma risada maligna. – mas renderá algumas risadas.
Pete e Roger riram alto por um instante e observaram John e Keith adormecidos ali daquele jeito, enquanto Pete tirava mais algumas fotos.
-Vou tomar um ar lá fora – disse Roger se levantando e indo em direção à porta da cabine onde estavam abrindo-a e saindo - eu já volto.
-Ok – respondeu Pete guardando sua camera, enquanto Roger fechava a pequena porta de vidro e acenando.
Roger caminhou durante certo tempo no grande vagão de trem no qual viajavam, acendeu um cigarro ao lado de uma janela afastada e lá ficou observando a paisagem campreste passar, enquanto os raios de sol começavam a aquecer tudo. Terminou de fuma, apagou o cigarro na borda da janela, certificou-se que ninguém o viu fazendo aquilo e tacou o cigarro para fora do trem e resolveu voltar para a cabine e dormir um pouco,estava exausto e ele nunca gostava de acordar cedo.
Quando regreesava, olhou para a porta que separava um vagão do outro, viu uma figura que aparentava ser de uma mulher,que se parecia muito com Lily,era um pouco mais baixa  que ele com os longos cabelos encaracolados castanhos com pequenas mexas loiras.Coçou os olhos com a mãos aveludadadas pelas luvas de lã,para ver se era ela mesmo ou seria uma alucinação de sua mente.Forçou a vista e desejou por um instante pegar emprestado os óculos de Anastacia para ter uma visão melhor e se aproximou mais um pouco da porta,ainda forçando sua vista.Era realmente Lily.
Por um instante,Roger ficou perplexo e com uma certa raiva brotando dentro de si,mas por outro lado,aquela paixão por ela voltou a perturbar seu coração.Lily sorriu e acenou para ele,e depois voltou a sua cabine no outro vagão,enquanto Roger ficou parado novamente,organinzando sua mente confusa,amava Marie,mas ainda sentia algo por Lily,mesmo sendo reijatado por ela.
Depois de muito tempo pensando,voltou para a cabine onde estava  os rapazes da banda,ainda dormindo.Roger pensou em acordar Pete,para lhe contar que tinha visto Lily, mas desistiu.Tentou enfim dormir um pouco,mas não conseguiu,seus pensamentos sobre Marie e Lily,fazendo que este, ter uma dor de cabeça e adormecer e sonhar.
Sonhou com Marie e Lily brigando para saber quem teria o seu amor e ele,acabava ficando no meio da briga,tentando separar as duas dizendo que amava as duas da mesma maneira.No final,Lily acabou “ganhando” a briga,enquanto Marie saia correndo,chorando e gritando:”Eu te amei tanto!Tanto que você voltou pra ela”,e Roger tentava correr atrás dela mas Lily o impediu,enquanto Pete apareceu e dizendo:”Eu te avisei,cara”.
Acordou assustado e viu que os outros ainda estavam dormindo e tornou a adormecer novamente,sonhando com os braços quentes de Marie,entorno seu corpo,dizendo que o amava.
***

O Who tocou durante 4 noites em Birmingham,e quando a última noite havia chegado como se tivesse passado um mês.Naquele show não quebraram nenhum instrumento,pois foram advertidos por Chris Stamp,que não tinham tanto dinheiro assim para comprar novos durante a turnê,deixando Pete e Keith revoltados.John teve mais destaque durante os shows,tocando mais suas composições do que as outras do grupo,e Roger,fizera seu trabalho de costume,cantava e pensava em Marie e Lily.
Depois do último show,foi prometido a eles uma pequena festa de despedida,num pub afastado do centro da cidade,mas quando chegaram lá,encontraram um bufê num salão de festas  com o prefeito,a primeira dama,alguns vereadores e cidadãos ilustres da cidade.
-Comporte-se Keith – sussurou John a Keith,pronto para mostrar seu lado mais maluco dentro de si – deixe Nora orgulhosa.
-Deixarei minha boneca orgulhosa –falou ele num tom de orgulho – mas antes,tenho que telefonar para ela,você sabe onde tem um telefone aqui?
-Ah...-disse John enquanto girava olhando por todo o lugar –não.
-Ei vocês,rei,rainha e súditos desse belo lugar – gritou Keith –alguém pode me arrumar um telefone?Tenho que ligar para minha namorada que esta em Londres!Alguém pode me arrumar um por favor?
-Só um momento rapazinho – respondeu o preifeito um pouco surpreso,pouco depois um jovem um pouco apreensivo apareceu com um telefone e deixou-o na mesa do prefeito e depois se retirou.-esta aqui meu jovem seu telefone,agora pode telefonar para sua Julieta.
-O nome dela é Nora –corrigiu Keith e telefonou para sua amada.
-Ana terá uma boa história para contar para seus leitores – pensou John,rindo de toda aquela cena.
Em uma mesa,quase no centro de tudo,Pete e Roger se acomodaram a espera de seu jantar,enquanto esperavam John e Keith.
-Eu não gosto de nada muito grã fino – falou Roger para Pete –não consigo me encaixar nisso daqui.
-Nem eu – respondeu Pete – não gosto muito desse pessoal grã-fino.Olha lá,quem ta conversando com a primeira dama,sua ex,Lily.
-Ela não é minha ex – bufou Roger –nós não tivemos nada,ela me deu um fora logo de cara.
-Interessante isso – falou Pete –ela esta vindo para cá,vou deixar vocês dois a sós.
-Ei!Volta aqui,seu filho da mãe! –gritou Roger para Pete.
-Olá docinho – disse Lily a Roger,enquanto se acomodava no lugar de Pete –há tempos não nos vemos.
-O – oi –gaguejou Roger – o que esta fazendo aqui?
-Fui convidada por um desses chefões da cidade a fotografar vocês – respondeu ela saquando sua camera –sorria querido.
-Pare de me fotografar –disse Roger num tom bravo –ou eu...
-Ou o que?Vai quebrar minha camera? –brincou ela – controle-se amorzinho ou sua namoradinha vai brigar comigo?
-Como ousa falar dela sua...? –falou Roger num tom cheio de raiva,pronto pra voar na garganta de Lily.
-Sua amada – completou Lily –eu sei que você me ama ainda,não negue.Agora eu tenho que ir docinho,nos vemos depois. – Lily se levantou e deu um pequeno beijo na bochecha e foi Keith e John,e tirou algumas fotografia deles,enquanto eles estavam boaquiabertos por ve-la.E depois
Roger,novamente ficou parado,sem reação,não acreditando que ela tinha voltado,querendo que Marie estivesse mais do que nunca ao seu lado,naquele instante.
-Você não esta gostando dela de novo,esta? –perguntou Pete.
-Não. –respondeu secamente,mas no fundo,ainda gostava dela.
                                          ***
Em Londres,Marie dormia calmamente,sonhando com seu amado Roger,abraçada ao seu cachecol que este lhe dera,antes de partir para a turnê. 





Feliz Aniversário São Paulo

Sim,existe amor em São Paulo,que para alguns a cidade é sinônimo de poluição,o cinza,lixo,violência e todas as piores coisas do mundo.Mas para mim,São Paulo é uma das melhores cidades do mundo!E que hoje completa 49 anos!Parabéns São Paulo!E que venham mais 459 anos!
E para comemorar,Trem das Onze.




quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

James Joyce,de Edyna O' Brien



Adoro ler livros sobre escritores,desde biografias,até dissecações sobre o trabalho deles.É interessante pois,eu acabo me identificando mais com eles e descubro cada vez mais coisas sobre o mundo da literatura.E foi o caso desse livro sobre James Joyce,que me fez ter uma nova dimensão sobre a literatura moderna.



Sinopse: 
James Joyce,de Edna O'Brien é um texto à altura da genialidade do escritor.Ela consegue,numa narrativa de inspirada beleza,tanto evitar um tom estritamente acadêmico,quanto cair na superficialidade de enumerar datas e fatos.Seu retrato de Joyce revela toda a complexidade de um gênio em sua luta por se manter fiel à autenticidade de sua arte,ao virtuosismo de seu estilo e à sua arrebatadora essência lírica.Este livro não é,entretanto um simples exercício de reverenciar uma grande figura literária - é antes de tudo,a revelação de um homem e seus duelos interiores.

                                       


Para aqueles que já conhecem fatos da vida de James Joyce,a biografia de Edna O'Brien tratará novas perspectivas do homem e do artista.Para os que pouco sabem sobre ele,este livro será uma revelação,um instigante convite a mergulhar na inesquecível aventura de sua obra literária.



Espero que tenham gostado da dica de livro.Até mais.

                                                                                     

Chuva.


quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Livro - Percy Jackson e o Ladrão de Raios.


Mês passado eu consegui ler um livro que estava com muita vontade de ler desde quando eu assisti o filme no cinema em 2010,Percy Jackson e o Ladrão de Raios,do Rick Riordan ,que se tornou um de meus livros favoritos e milhares de vezes melhor que o filme.Então,vamos a sinopse:

Sinopse: 
Percy Jackson está para ser expulso do colégio interno...de novo.É a sexta vez que isso acontece.Aos doze anos,esta é a apenas uma das ameaças que pairam sobre esse garoto,além dos efeitos do transtorno do déficit de atenção,da dislexia...e das criaturas fantásticas e deuses do Monte Olimpo,que,ultimamente,parecem estar saindo dos livros de mitologia grega do colégio para a realidade.E,ao que indica,estão aborrecidos com ele.
Vários acidentes e revelações inexplicáveis afastam Percy de Nova York,sua cidade,e o lançam em um campo de treinamento muito especial,onde é orientado para enfrentar uma missão que envolve humanos diferentes - semi-deuses -,além de seres mitológicos.O raio-mestre de Zeus fora roubado,e é Percy quem deve resgatá-lo.
Com ajuda de novos amigos - um sátiro e a filha de uma deusa - Percy tem dez dias para reaver o instrumento de Zeus,que representa a destruição original,e restabelecer a paz no Olimpo.Para conseguir isso,precisará fazer mais do que capturar um ladrão.Terá de encarar o pai que o abandonou,resolver um enigma proposto pelo Oráculo e desvendar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.


Lendo o livro.Eu peço que por favor não reparem na qualidade das fotos,tirar fotos com o celular as vezes pode ser o Ó,e essas são minhas primeiras fotos que eu tiro.Pois é.

As principais diferenças entre o livro e o filme é aquelas meio óbvias,faltou alguns personagens,umas cenas do filme que nem tinham no livrou,outras que deveriam aparecer como a do Dioniso (Deus do vinho) chamando o Percy de Peter Johnson,uma das cenas do livro mais hilariantes e outra que deveria ter sido melhorada é da ida e volta do submundo,tão eletrizante que se parece que você esta lá!


E por fim,eu gostaria de agradecer ao meu amigo Lucas Cesar por ter me emprestado o livro!Obrigado!Quando a aulas voltarem,eu irei devolve-lo.

Espero que tenham gostado,tchau.

  


quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Lista: 5 bateristas que eu gosto

Estou sem muitas idéias para post ultimamente,então resolvi fazer uma lista dos meus 5 bateristas favoritos,(porque eu amo demais os bateristas *u*) ,uma lista que eu estou planejando postar desde o ano passado.Então vamos a ela!


1-Ringo Starr,The Beatles.


2- Keith Moon,The Who.


3- Charlie Watts,The Rolling Stones.


4- Ginger Baker,Cream.


5- John Bonham,Led Zeppelin.

E depois,irei fazer uma lista com os meus 10 favoritos e espero que tenham gostado da lista.Tchau.





domingo, 13 de janeiro de 2013

É domingo.

É domingo,eu sei que é,pode parecer um pouco óbvio,mas enfim,é domingo.Deveria dizer que estou feliz por ser domingo?Talvez.É só domingo,um dia que começa legal,porque eu sempre tenho milhares de idéias de coisas pra fazer,pois é domingo.Mas eu nunca faço o que eu programo fazer.Por que isso?
É domingo.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Vida e Poesia.


Uma breve definição de minha vida,encontrada num dia ocioso de dezembro.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Fuga,afinal!

Sai de casa sorrateiramente pela janela,sem fazer nenhum ruído,enquanto todos dormiam.Fugir finalmente,com somente com as estrelas de cúmplices de um plano audacioso projetado durante anos e anos,que somente agora foi posto em prática.
Fuga,afinal!
Correr para longe,até que meus pulmões doam de tanto respirar;navegar o oceano mais azul e límpido deste mundo;voar e sentir o vento batendo sobre meu rosto para enfim ter certeza,de que finalmente eu estou livre.Livre de minha família,de mim mesma,livre de tudo!
E depois de um tempo longe de casa,voltar pra ela e dizer que só fui dar uma volta.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Ao Meu Pintor.

As segundas serão terças,
E as terças serão segundas.
Enquanto os céus serão pretos,
E as nuvens serão azuis.

O mundo é vermelho,
Minha Vida é cinza
Pintada em cores
Pelas suas mãos esquisitas.

Aonde vais meu pintor?
Caçando meu coração
Perdido em meio as suas tintas
De tão cinza que é.

Esperando você,
Meu pintor
Deixa-lo mais alegre,
Depois de tantos dias tristes.

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Página 1 de 365


Hoje eu acordei com uma vontade de escrever aquelas mensagens sobre o ano novo,de todas as minha vontades para essa ano que acabou de começar e meus pedidos que todo ano eu faço.
Mas eu resolvi mudar,tive a ideia de começar o ano sem um monte de pedido chato,de que eu vou ser uma pessoa mais legal,de que eu vou amar mais e que vou me apaixonar,deixar de fazer coisas que eu sempre faço que resulta em merda,que vou deixar meu pessimismo excessivo de lado (que eu vou realmente deixar um pouco para trás),etc.
Eu resolvi só ter uns planos meio pequenos para esse ano como de: passar no TCC desse ano,ir bem no Enem,na Fuvest e conseguir entrar numa boa faculdade e conseguir cursar Letras,ou História e se eu for muito bem nessas provas,cursar Jornalismo.Se eu me der bem em tudo,até posso em arrumar um namorado quem sabe?(Ou outro fora também?Agente nunca sabe o que nos reserva,não é?).
Por fim,lhes desejo um ótimo ano que este ano seja mais incrível que o ano passado!Repleto de amor,alegria e paz.

Doctor:Senhora,qual ano nós estamos? 
Senhora:2013!

Tchau.