sábado, 23 de fevereiro de 2013

Um corpo em pleno retrocesso


A cada piscadela,uma lembrança de momentos vividos no passado que dos quais ela não queria se lembrar,fazendo com que seu corpo inteiro doesse de uma forma geral e dilacerante,tornando tudo insuportável de se aguentar. 
O corpo dela estava em pleno retrocesso,dava pra se perceber,era nítido em seus olhos.Fechou os olhos por um instante e sentiu sua vida passar sobre eles de uma forma complicada e confusa.Parecia que a morte veio-lhe fazer uma visita um pouco cedo.
Acordou assustada,suando frio,estava assustada e desejando com que nada tivesse acontecido.Respirou profundamente o ar abafado de verão e voltou a dormir novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar.