terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Algo de mim.

Esse é um daqueles textos que parece uma daquelas músicas em que a Taylor Swift poderia escrever sobre um relacionamento dela que não deu certo.Ou também poderia ser uma música de adeus composta pela Lana Del Rey.Porém a Taylor nos diz em Begin Again que numa quarta-feira,num café,você acabará encontrando um novo amor.Já a Lana fala em Without You se você consegueria retratar uma vida em imagens roubadas.
É isso que eu me pego pensando,será que você consegueria?Ou me olharia me dizendo mais uma vez que tudo o que você diz esta certo,enquanto minha mente burbulha de ideias de para conspirar contra tal atitude.Você sabe como eu sou.Todos sabem.Isso não é verdade pra nenhum de nós dois e nem para o mundo à nossa volta que observa cada movimento de cada um.Porque você sabe muito bem que nunca foi “nós”,sempre foi eu e meu mundo,e você e seu ego de estrela decadente.
Sim,eu parei de acreditar nas amigas que isso poderia dar certo,mas não vai dar,é sabido,é nitido para os ambos lados,principalmente para o meu que se cansou de perseguir algo que desde o ínicio,eu sabia que não ia dar em coisa boa.E olha,não deu.E o que você fez?Sumiu?Jogou milhares de coisas na minha cara de que eu tinha a maior culpa,sendo que você que começou com estes joguinhos e eu não gosto de joguinhos,eu tinha te contado e você prefiriou não ouvir.
Uma vez minha amiga me disse que você valia um milhão de dólares.Mas pelo que vi,seu dote nem teria cinquenta centavos.
E uma vez me disse porque eu gosto das músicas de mais 6 minutos do Pink Floyd,e a resposta é que naqueles 6 minutos eu vejo tudo o que eu sou e o que sinto,além do mais,eles me estenderam a mão e caminham comigo observando cada pensamento meu.
Mas se você pensa que isso é um adeus,isso não é.Não sei lidar com finais.Eu sempre espero que as pessoas saiam da minha vida,apenas me dizendo: “É hora de eu ir!Até logo”,simplesmente indo embora.
E é exatamente isso que eu sinto nesse momento,chegou a hora de eu dizer adeus pra você.

Um comentário:

  1. Já te disse ontem mas digo hoje de novo (e agora sem limitação de 140 caracteres): que lindo, Mari. Eu nunca senti o que você está sentindo mas sei o que está sentindo (ok, não faz sentido mas eu sou assim mesmo). É muito bom ler textos como esse, de um lirismo tão lindo :)))

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para comentar.