terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Como uma grande melancia

Conheci Claire de uma maneira mais inusitada o possível.Estava eu,as lojas americanas numa imensa fila,para somente pagar uma coca-cola e umas barras de chocolates que estavam em oferta.Era 23 de dezembro e Osasco e o resto do mundo fervilhava com as compras de Natal e eu estava tão entediada com aquela fila e cansada de ler os rótulos dos outros chocolates,que em cima destes, eu encontrei o livro Melancia e conheci Claire.

Fiquei surpresa com sua história.Ela tinha acabado de ter tido uma linda menina chamada Kate e seu marido canalha filho da mãe babaca que se acha a última trakinas do pacote  James tinha acabado de confessar que vinha tendo um caso com sua vizinha chamada Denise há uns 6 meses e que havia lhe avisado que estava deixando-a para ir viver com o seu novo amor.

Então sai de toda essa situação porque alguém tinha gritado “Próximo!” no meu ouvido.Deixei o livro e lá e depois comentei com a minha mãe se ela poderia me dar aquele livro,ela disse que ia ver.Depois ela voltou com o Harry Potter e o Enigma do Príncipe,porque ela sabia que eu tinha lido um Harry Potter naquele ano (tinha lido o Prisioneiro de Azkaban e ela jurava de pé junto que esse era a continuação do Prisioneiro e eu ainda tinha explicado que ele não era a continuação,mas tudo bem).E naquela época ela gostava de comprar livros para mim,hoje ela odeia,saudades dessa época.

O tempo passou e acabei mudando de escola e conhecendo a Joy e ela tinha me dito que tinha o livro e que iria me emprestar!Tempos depois ela me emprestou ele e ai começou a procrastinação.Toda vez que eu ia ler esse livro surgia outros milhares de livros para ler e quando o final do ano passado chegou,eu estava decidida que iria lê-lo.E no dia da minha formatura,cá estava eu no tédio e resolvi começar a leitura.

Claire voltou para Dublin,sua terra Natal,junto com Kate,para morar com seus pais e suas duas irmãs mais novas Helen e Anna.Logo no primeiro dia que ela chega em sua casa,ela e Anna já ficam bêbedas e com o passar do tempo Claire vai ficando mais triste por conta de ter sido abandonada por James e acaba entrando em depressão ficando gorda que nem uma melancia.Quando ela ficou desse jeito minha vontade era de bater nela.Sei que ela estava frágil,triste e tudo mais,mas ela estava um pé no saco e eu pensei numas 3 ou quatro vezes que eu ia parar de ler porque ela estava chata demais.

Mas num belo dia,ela acordou e percebeu que teria que dar a volta por cima e teria que aceitar que James nunca mais iria voltar e ela teria que voltar para seu emprego e cuidar de Kate sozinha,e num outro belo dia Helen sua irmã mais velha leva Adam,um colega seu de escola,para jantar em casa e logo de cara Claire se apaixona por ele,não só ela,como eu,você e todo mundo que ler esse livro!E ai eles começam a ter algo junto e quando você sente que eles vão namorar,chega o James e culpa a Claire de tudo e diz que ela tem que voltar para ele e tudo mais.

E ai eu paro por aqui.Não vou te contar mais porque foi surpreendente demais o final do livro e não quero estragar isso numa resenha.Teve quotes lindos que eu pretendo postar aqui e um novo ensinamento sobre como devamos amar as pessoas e como elas entram e sai de uma forma que nos marca pra sempre!Um livro que parece bastante com as músicas do Camera Obscura e que daria um bom filme de comédia romântica!

IMG_0313[1]

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Felicidade,Insegurança e Indecisão.

Ontem,20 de janeiro,de manhã me matriculei na faculdade para cursar jornalismo.
De primeira foi uma uma coisa um pouco surreal,entendem?Não sei explicar de uma forma simples tudo o que se passou na minha mente enquanto eu lia e assinava o contrato de prestação de serviço.
Primeiro lembrei que o ensino médio tinha acabado e de agora em diante eu teria que tomar conta do meu próprio futuro seria eu e isso me assustou um pouco,será que eu consegueria?Será que isso iria dar certo?Não sei,mas coloquei as cartas na mesa e espero que dê tudo certo.E depois da sensação de medo minha mente foi tomada por uma súbita alegria sobre o fato de eu estar na faculdade e estar mais velha (?).
Depois surgiu a indecisão.Será que eu estava tomando decisão certa?Será que este curso certo?Será que vou morrer de fome como o professor de geografia me disse no segundo ano do colegial?Será que eu deveria ter ido prestar umas provas pra fazer cursinho e tentar Usp e tudo de novo?Fiquei com toda essa indecisão até voltar para casa e dormir e só ter acordado no final da sessão da tarde e voltando a pensar em tudo isso.
Foi então que eu resolvi que ia terminar de ler Melancia da Marian Keys.Faltava umas 80 páginas para eu terminar e resolvi pegar aquela tarde para ler e encontrei um daqueles parágrafos devastadores que sente que foram escritos para você naquele instante.E aqui esta ele:
Estava inteiramente atordoada.
Sabia que fizera a coisa certa.Pelo menos pensava ter feito.Mas acontece que aquilo era vida real, e nenhuma decisão era inteiramente clara.Não é como virar no lugar certo e conseguir a felicidade para sempre ou virar no lugar errado e sua vida se transformar num desastre.Na vida real,muitas vezes é quase impossível dizer qual a decisão que se deve tomar,porque o que se ganha e o que se perde muitas vezes são equivalente.
(Em Melancia de Marian Keys,página 439).
E depois que eu li isso,eu senti que tinha tomado a decisão certa e estava feliz e ansiosa pras aulas começarem.
Até mais.

domingo, 19 de janeiro de 2014

Let’s Dance

 

Um minuto de silêncio pode durar muito tempo,talvez até a eternidade.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Adorável Coração–Vitrola

- E se seu coração fosse algum objeto,qual ele seria?

Aquela pergunta tinha pegado ela de surpresa.Nunca imaginou que durante uma entrevista alguém lhe perguntaria esse tipo de coisa.Aliás isso é um tipo de pergunta?Ela pensou de novo.Deu um sorriso nervoso pensando numa respostas.

Coração,coração,o que é o meu coração?Coração é objeto?A gente come coração?Coração a gente cria?A gente escreve ou pinta um coração?Ou interpreta?Será que um coração aparece no noticiário da sete da noite ou no das oito e meia da noite?

-Acho que ele parece com uma vitrola – respondeu ela.

Vitrola?É isso mesmo?Seria melhor desmentir e pensar em algo bem melhor do que isso ou deixar como esta?

-Por que?Vitrolas tem algum significado pra você? – perguntou novamente um entrevistador.

Por um minuto encarou a câmera e teve vontade de fugir.Ouviu um trovão de longe e percebeu que chovia forte.Queria fugir daquele estúdio e tomar um pouco de chuva,acalmar os ânimos e alma lhe fariam bem,e lhe dariam tempo suficiente para pensar naquela resposta.Aquilo não foi a primeira coisa que lhe veio a cabeça.Era uma atriz perdida.Perderia seu emprego e seu dinheiro.Foi então que ela lembrou.

-Um dia eu estava na casa da minha avó paterna,e meu pai me mostrou o antigo toca disco dele – respondeu ela,segura de si – ele colocou um disco do Bob Dylan que ele gostava bastante e eu me encantei não só com o disco,mas com toda aquela aparelhagem toda.Pensei que como um negócio enorme de plástico poderia produzir um som tão maravilhoso?!

-É realmente uma adorável lembrança! – respondeu o entrevistador.

-Sim,tudo realmente adorável – ela se levantou rapidamente daquele enorme sofá que estava sentada ao lado do entrevistador – bem,eu vou indo já!

-Mas a entrevista ainda não acabou! – protestou o entrevistador.

-Acabou para mim!Preciso pensar um pouco e tomar um pouco de chuva! – respondeu ela – até logo!

Todos da plateia ficaram espantados com tamanha atitude,alguns compreenderam,outros a xingaram,bem estavam ali para vê-la e aquela atitude era inadímissivel para um atriz.

-No próximo bloco,tentaremos fazer com que Jane volte para o estúdio – disse o entrevistador.

Enquanto Jane,corria pela chuva como uma criança,ao som de seu adorável coração – vitrola que tocava Bob Dylan.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Hoje não,por favor.

Queria dizer que a felicidade não mora ao lado
Ela mora uns 1000 quilômetros de distância
Junto com a sanidade
E com ela levaram todas as certezas
De que tudo vai dar certo
Acredite minha querida
Isso só acontece nas músicas
Nos filmes antigos
E televisão.

Queria dizer que não quero tentar tudo de novo
Já que uma pequena certeza esta perto de casa
É comodismo eu sei
Mas estou feliz
Pare de dizer que eu tenho que fazer isso se não vou morrer de fome
Porque quem vai morrer sou eu
Não você.

domingo, 5 de janeiro de 2014

Retrospectiva Literária de 2013

"Cinco dias depois que o ano passou e você ainda quer quer fazer retrospectiva Mariana?",sim meu caro leitor é isso que eu vou fazer!

Estive pensando em fazer uma retrospectiva dessas desde o começo de novembro,porém eu não sabia por onde começar.E acabei encontrando um tipo de retrospectiva bem legal criada pela Tary do Doces Rodopios,que eu encontrei no blog da Ana Luísa,o Minha vida como ela é.Achei ela tão legal que eu perguntei se eu poderia fazer uma igual e ela deixou!
Então vamos a ela!

Livros lidos em 2013
(Não necessariamente na ordem em que eu li eles)

Percy Jackson e Os Olimpianos - O Mar de Monstros;Percy Jackson e Os Olimpianos - A Maldição do Titã; Percy Jackson e Os Olimpianos - A Batalha do Labirinto;Percy Jackson e Os Olimpianos - O Último Olimpiano; As Crônicas de Gelo e Fogo - A Guerra dos Tronos; Scott Pilgrim Contra o Mundo: Volume 3;
Assassin's Creed - Renascença;Fernando Pessoa - Antologia Poética;O Guardador de Rebanhos e Outros Poemas;A Metamorfose;Vidas Secas;Capitães de Areia;A Marca de Uma Lágrima;Sentimentos do Mundo;A Pirâmide Vermelha;Depois do Quinze;O Príncipe;Os Segredos das Investigações Criminais.

O melhor casal literário

Pedro Bala e Dora de Capitães de Areia,Jorge Amado.Juro eu me apaixonei por eles,pelas história de vida desses dois e por tudo o que passaram,a cada pilhagem,cada sorriso.Dora mãe.Dora irmã.Dora noiva.Dora esposa (relembrando uma questão de uma prova de português).Cada momento,cada palavra deles dois e uma morte inesperada que me pegou muito de surpresa!!!


Virei a noite lendo

A Pirâmide Vermelha da saga As Crônicas dos Kane,de Rick Riordan.Pode se dizer que esse ano foi um ano Rick Riordan,pois eu só li na maioria livros dele!O livro conta a história de Cater e Sadie Kane,dois irmãos que foram separados quando a mãe destes morre quando eles eram pequenos.Carter passa a viver um importante egiptólogo,que sempre esta em viagem.Já Sadie passa a morar com os avós maternos em Londres.Os dois só se vem uma vez por ano,no Natal.Seis anos depois da morte de sua mãe,no Natal,o Dr.Kane leva os irmãos a uma visita de "pesquisa" ao Museu Britânico,onde ele espera acerta as coisas de sua família.Ao contrário,ele liberta o deus egípcios Set e outros cinco deuses,jogando-o no esquecimento e força as crianças fugirem para salvarem suas vidas.Logo,os irmãos Kane descobrem que fazem parte de uma longa liagem de faraós ligados a Casa da Vida.E assim eles embarcam numa grande aventura para derrotar Set e descobrir o que aconteceu com o seus pais.
Queria ter escrito a resenha dele,mas não tive tempo.Foi um desses livros que superou as minhas expectativas,porque eu achava que ia ser uma coisa muito parecida com Percy /Jackson,mesmo tendo umas partes que pareceram bastante,mas esta nova saga me conquistou por completo!Principalmente o Carter Kane,ele é bem mais legal que a irmã dele.


Soco no estômago

A Metamorfose de Franz Kafka.A história de Gregor Sansa,um caixeiro viajante,que num dia,depois de ter sonhos estranhos,acordou e não era mais um mesmo,era uma grande barata.Eu realmente fiquei cativada pela história,a cada coisa que ele sentia,eu sentia,a cada sofrimento dele,eu também sofria.Fiquei com ódio mortal da família dele,que não sabia lidar com aquilo!E a crítica que Kafka faz sobre a solidão e a invisibilidade humana são perfeitas demais!E o final mais triste e mais libertador de 2013.
Menção Honrosa para Vidas Secas de Graciliano Ramos.


O livro mais triste que eu li

A Maldição do Titã de Rick Riordan. Ok, Percy Jackson não é uma saga triste,disso eu sei,mas este livro foi triste e soturno.Grover encontra dois meios sangues,Nico e Bianca Di Angelo e Percy,Annabeth e Thalia,vão ao encontro deste,para levá-los para o Acampamento Meio-Sangue,só que este são surpreendidos por uma manticora que captura Annabeth e a leva para onde os titãs estão reunidos em San Francisco e para ajudá-los surgem as caçadoras de Ártemis, e inicia-se assim uma busca por Annabeth.E por conta da Zöe Doce-Amarga,uma caçadora de Ártemis,me fez chorar nesse livro.Foi lindo.


A maior decepção do ano

Assassin's Creed - Renascença de Oliver Bodwen.Tinham me avisado que o livro ia ser chato de ler,mas eu tinha feito meu comprar pra ele ler e depois ele dizer se era bom ou não,e ele leu e achou até legal,e tinha uns colegas da minha classe que também estavam lendo e eu pensei,"Por que não?".O livro conta a história de Ezio Auditore,um jovem que vê parte de sua família ser morta a mando da família Borgia e ele parte em busca de vingança contra todos.Não foi uma grande decepção por conta que o final valeu a pena,porém ele foi um livro muito cansativo.


O livro mais chato

O Príncipe de Nicolau Maquiavel.Como esse livro foi chato,pelo amor de Deus!Tive que lê-lo por conta de um seminário que eu tinha que fazer sobre ele e foi chato demais!O livro conta como um príncipe sobe o poder,como governar,como manter o poder,o porque de ser mais temido do que amado,entre outras ideias.Em si é um livro com um tema que não é chato,mas é uma leitura muito cansativa!


Quase morri de tanto rir 

Scott Pilgrim Contra o Mundo: Volume 3 de Brian Lee O'Malley.A cada luta com os ex-namorados de sua amada Ramona,Scott me fazia rir mais e mais!Eu realmente amei o final dessa saga épica!


Aventura,fantasia ou infanto juvenil

A Marca de uma lágrima de Pedro Bandeira.A história de Isabel,uma menina que se apaixona por um mesmo garoto que sua amiga também esta apaixonada e ela acaba ajudando a amiga a conquistar o garoto através de poemas,só que o garoto também esta apaixonado pela amiga de Isabel e ela vem pedir ajuda para esta e ela também escreve poemas para ele entregar para sua amiga.


Bate bola de personagens 

Personagem masculino apaixonante: Jon Snow,o bastardo de Eddard Stark de A Guerra dos Tronos de George R.R.Martin.Ele não pode saber nada,mas eu o amo demais e ele é o meu personagem favorito e ele esta vivo ainda!!
Personagem feminina admirável: Saide Kane da Pirâmide Vermelha; Ramona Flowers de Scott Pilgrim Contra o Mundo: Volume 3; Annabeth Chase de Percy Jackson e os Olimpianos.
Personagem mais chato: Isabel de a Marca de Uma Lágrima.
Personagem mais legal: Lorde Petyr Baelish de A Guerra dos Tronos.
Personagem que mais me identifiquei: Annabeth Chase de Percy Jackson.

Melhor livro de 2013

Posso dizer com toda certeza que A Guerra dos Tronos foi o melhor livro que li no último ano!A trama,os personagens,os lugares,tudo é tão real e também a série de livros se tornou a minha saga favorita.

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Um pequeno saldo de 2013

Sim eu sei que já estamos no dia 02 de janeiro e só agora eu resolvi escrever sobre o saldo de 2013.E ai alguém me pergunta,”Então por que você não escreveu isso ontem no primeiríssimo dia do ano ou antes de 2013 acabar?”,a resposta é que eu vinha pensando no que escrever desde antes do Natal,mas eu estava com aquele famoso bloqueio de escritor.Não conseguia escrever mais de um paragrafo,nada ia pra frente,nem as fanfics.
Mas o que eu posso dizer de 2013?Em suma ele foi um ano muito bom.Foi um desses anos que vão entrar pra história como um dos melhores.Aconteceu coisas muito boas e coisas ruins também.Perdi minha bisavó paterna,bem no começo do ano,perdi a GOT SP que foi uma exposição sobre Game Of Thrones e acabei nem podendo ir ver no cinema o especial de 50 anos de Doctor Who,mas tudo bem.
Porém houve muitas coisas boas como a ida pra Santos com a escola!Definitivamente foi o ponto alto do ano!Foi alguns dias depois do meu aniversário no dia 13 de junho (eu faço aniversário no dia 4)!E foi assim,o melhor passeio que já fiz!Sério!O real motivo de eu ter amado esse passeio foi que eu tive a possibilidade de ver o mar e fazia uns 12 anos que eu não via o mar!Meus amigos viram o quanto eu surtei!Tentei diversas vezes escrever sobre o fato de eu amar o mar,porém foi um dia inesquecível e quero que nesse 2014 eu tenha uma possibilidade de visitar o mar,só pra observá-lo um pouco e tentar escrever algo sobre ele!
E ainda teve aFeira do Estudante,uma ida ao MAM para ver uma exposição do Andy Warhol,a GallifreyCon,a convenção de Doctor Who que tem aqui em São Paulo,uma feira do Senai sobre tecnologia,um rolê com os amigos da minha sala que acabamos indo no Museu da Língua Portuguesa,na Pinacoteca,Estação da Pinacoteca e o Museu da Resistência aqui de São Paulo.
2013 também foi um ano atribulado.TCC,provas,vestibulares e algumas decpções é claro.Não passei pra segunda fase da Fuvest,mas passei em 2 outras universidades,a PUC e a UNIFIEO e aguardo o resultado do Mackenzie,mas tudo indica que irei cursar jornalismo na Unifieo!E também me formei no 3º ano do colegial,nunca imaginei que a escola ia acabar,mas acabou.As vezes me pego pensando que fevereiro irei incarar o ônibus lotado e tudo mais pra ver o mesmo pessoal e depois me lembro que acabou.
E pra fechar,os melhores momentos em fotos!
20130613_160341

Foto1378[1]
IMG_20130625_094509
IMG_0021
20130615_122122
Foto1380
20131115_124650

IMG_20130628_193718
IMG_0061
image
E quero agradecer a todos que fizeram o meu 2013: a Joy do My Little World por todas as loucuras, a Patrícia do Complicated Imperfect ainda vamos nos conhecer e falar muito de Doctor Who,a Michelly por mais que não dê pra gente se ver muito mas sempre que dá é uma coisa ótima, a Alice por passar horas falando de Led Zeppelin comigo,a Inara do Invasão Britânica por passar horas falando comigo sobre nossa Grindhouse de fanfics,a Nami por trocar lindas fotos do Eric Clapton e do Cream comigo,ao Lucas César e o Lúis por me emprestarem livros e zoarem comigo,a Thaína por ser a amiga mais chata de todas que eu amo demais e o resto do pessoal do 3º DM.
E um obrigado muito mais muito especial ao Gabriel,por me aguentar os 3 anos,de ter se tornado a pessoal mais especial que eu tenho nesse mundo e que eu vou levar pro resto da minha vida!E ainda estará em todas as dedicatórias dos meus futuros livros que um dia eu escreverei!
E até logo.
P.S= 2014 já começou bem,Sherlock tá vivo e o 12th Doctor ta aí.Esse ano promete.