quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Hoje não,por favor.

Queria dizer que a felicidade não mora ao lado
Ela mora uns 1000 quilômetros de distância
Junto com a sanidade
E com ela levaram todas as certezas
De que tudo vai dar certo
Acredite minha querida
Isso só acontece nas músicas
Nos filmes antigos
E televisão.

Queria dizer que não quero tentar tudo de novo
Já que uma pequena certeza esta perto de casa
É comodismo eu sei
Mas estou feliz
Pare de dizer que eu tenho que fazer isso se não vou morrer de fome
Porque quem vai morrer sou eu
Não você.

Um comentário:

  1. Yay, Mari. <33
    Engraçado, quando estou muito feliz, não gosto de ler textos que são contrários ao meu humor, acaba me atingindo. Mas hoje fiz uma exceção. Vim ler esse poema seu, devo de gostei muito dele. Eu me identifiquei tanto com ele. A felicidade às vezes parece tão distante, é necessário percorrer tanto para alcançá-la, e quando se consegue, parece desaparecer.
    Parabéns. <3
    Yasmin

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para comentar.